quinta-feira, 30 de junho de 2016

Programação do Cinema São Luiz (30/06 a 06/07)

Clique na imagem

Confira as sinopses dos filmes em cartaz no histórico Cinema São Luiz até o dia 06 de Julho. Os ingressos custam R$ 6,00 (inteira).

Angry Birds
Adaptação do jogo Angry Birds, uma das maiores franquias mundiais de entretenimento, o filme vai contar a história de Red, um pássaro com problemas para controlar seu estresse, o veloz Chuck e o volátil Bomba, amigos que nunca tiveram seus valores reconhecidos. Quando misteriosos porquinhos verdes invadem a ilha onde moram, estes improváveis herois serão os responsáveis por descobrir qual o plano da gangue suína.

Big Jato
O menino Francisco passa os dias a acompanhar o pai (Matheus Nachtergaele) no trabalho, ou melhor, nas estradas. O homem é motorista do imponente Big Jato, um caminhão-pipa utilizado para limpar as fossas da cidade sem saneamento básico. Mas o garoto está mais interessado nas ideias do tio, um artista libertário e anarquista. À medida que descobre o primeiro amor, Chico percebe a vocação para se tornar poeta.

Os Outros
O documentário é resultado da busca de um cover o mais fiel possível ao artista, onde três personagens foram escolhidos para mostrarem sua história: os covers "oficiais" de Roberto Carlos (Carlos Evanney), Cazuza (Pepê Moraes) e Ivete Sangalo (Edson Júnior / Scarleth Sangalo). Além de incorporar seus ídolos e objetos de trabalho nos palcos, eles tomam para si alguns aspectos dos artistas em sua vida cotidiana, como roupagem para sua própria existência.

A história da Eternidade
Alfonsina (Débora Ingrid) tem 15 anos e sonha conhecer o mar. Querência (Marcélia Cartaxo) está na faixa dos 40. Das Dores (Zezita Matos) já no fim da vida, recebe o neto após um passado turbulento. No sertão compartilham sobrenome e muitos sentimentos. Amam e desejam ardentemente.

Paratodos
A trajetória, a vida e os desafios de alguns atletas paralímpicos, que fazem parte das delegações brasileiras de natação, atletismo, canoagem e futebol, em fase de preparação para os Jogos Paralímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. O dia-a-dia, a superação, os obstáculos, as alegrias, as tristezas de cada um dos atletas são objeto deste documentário, que também debate a questão da inclusão dos deficientes físicos na sociedade brasileira em geral.

Ponto Zero
Ênio (Sandro Aliprandini) tem quase quinze anos e precisa lidar com a chegada da vida adulta que se aproxima, enquanto tenta superar os traumas da infância, que incluiam acreditar em fantasmas, coisa que ele não faz há muito tempo. Na sua vida pessoal, age de ponte entre sua mãe (Patrícia Selonk), que acredita nesses espíritos, e seu pai (Eucir de Souza), uma figura apática dentro de casa.

Recife recebe o ABBA Mamma Mia – The Tribute Show

Foto: divulgação
O público vai ser convidado a relembrar o passado, com direito a botas de couro, figurinos gritantes, indumentárias cobertas de pedras brilhantes e todo o glamour de uma época de ouro durante o espetáculo ABBA Mamma Mia – The Tribute Show, neste sábado (2), no Teatro RioMar Recife, a partir das 21h.

As luzes se apagam, os primeiros acordes chegam aos ouvidos da plateia, lentamente os integrantes preenchem o palco, os holofotes se acendem e a mágica acontece: o teatro se transforma em uma grande discoteca. Assim é "ABBA Mamma Mia – The Tribute Show", espetáculo argentino considerado uma das mais incríveis homenagens já criadas ao grupo ABBA, agora em turnê pelo Brasil. Aplaudido em diversos países da América do Sul, o show capta a imagem, a música e a personalidade do grupo sueco ABBA, uma das bandas de maior sucesso na história da música pop e uma das grandes líderes da disco music, fenômeno musical que contagiou o mundo no final dos anos 70.

Serviço:
ABBA Mamma Mia – The Tribute Show
Sábado, 2 de julho

21h
Teatro RioMar Recife: Av. República do Líbano, 251, 4º piso – RioMar Shopping
Balcão Nobre: R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia) | Plateia Alta e Baixa: R$ 120 (inteira) e R$ 60 (meia)
Canais de vendas oficiais: bilheteria do Teatro RioMar Recife (terça a sábado, das 12h às 21h, e domingos e feriados, das 14h às 20h)
Vendas online: www.ingressorapido.com.br
Televendas: 4003.1212

Fim de semana com Samba


Quem aprecia um bom samba tem duas opções para curtir nesse final de semana:

Adriana B – projeto Vou Sambar
A cantora e compositora Adriana B comanda o projeto “Vou Sambar”, com músicas autorais e clássicos do samba, neste sábado (2), a partir das 14h, no bar Sr. Chopp, no Espinheiro. Adriana receberá e prestará uma homenagem a um dos maiores instrumentistas brasileiros, Jehovah da Gaita. O evento terá ainda a presença do violonista, compositor, produtor musical e guitarrista da SpokFrevo Orquestra, Renato Bandeira.

Serviço:
Sábado, 2 de julho
14h
Sr. Chopp - Rua da Hora, nº 885, Espinheiro
R$ 8
Informações e reservas: 3019-1530

Ensaio do Samba D’Lux
O projeto é pilotado pela banda jovem “Samba D' Lux” e o repertório está repleto de grandes sucessos do Samba e pagode nacional, além de sucessos do sertanejo que ganharam uma releitura em tom de samba. O evento acontece todos os domingos no Atenas Bar, em Areias.

Serviço:
Todo domingo
14h
Atenas Bar e Restaurante - Av. Recife, n° 772 - Areias
R$ 5

(81) 3251-2677

Celso Fonseca abre a programação desse mês no Museu do Estado

O projeto Ouvindo e Fazendo Música no MEPE traz neste sábado (2) o compositor Celso Fonseca, craque da bossa nova, reverenciado no Brasil e exterior. Cantor, compositor, produtor e músico carioca, com 15 discos lançados e diversos prêmios no Brasil e exterior, Celso é responsável por ecléticas incursões musicais, como a gravação da música Slow motion bossa nova, recordista em aparições em discos de música brasileira no exterior. Com dois prêmios Grammys e elogios na imprensa internacional, já dividiu o palco com artistas como Stevie Wonder, Carlos Santana e Dizzy Gillespie. Maria Bethânia, Gilberto Gil, Milton Nascimento, Gal Costa, Caetano Veloso, Marcos Valle, Luiz Melodia e Daniela Mercury gravaram músicas suas.
Serviço:
Ouvindo e Fazendo Música no MEPE – com Celso Fonseca
Sábado, 2 de julho
17h
Museu do Estado de Pernambuco – Av. Rui Barbosa, 960 - Graças
Ingressos: R$6,00 (inteira) e R$3,00 (meia)
3184.3174

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Porto Musical encerra as inscrições nesta quinta-feira (30)

Radiola Serra Alta / Foto: Beto Figueiroa
Evento acontece no Recife (PE) entre 15 e 18 de fevereiro com conferências, mesas redondas, rodada de negócios, showcases e workshops. Em sua  8ª edição, o Porto Musical se consolida como o mais importante encontro internacional de profissionais da música realizado no Brasil.  

As inscrições para apresentação de propostas de showcases e conferências para o Porto Musical 2017 encerram esta quinta-feira (30). Grupos e artistas de música tradicional, clássica, moderna, popular ou eletrônica, assim como DJs, podem concorrer a um espaço no palco, que será montado da Praça do Arsenal da Marinha, Bairro do Recife, com apresentações abertas ao público. Considerados uma vitrine para quem pretende desenvolver carreira nacional e internacional, os showcases do Porto Musical têm a presença de representantes de selos, produtores e programadores de várias partes do mundo e já impulsionou carreiras de grupos e artistas como o Felipe Cordeiro (PA), Curumin (SP), Bongar (PE), e mais recentemente o duo de Triunfo, Radiola Serra Alta, que após tocar na última edição do Porto, faz a primeira turnê no exterior, estreando num dos maiores festivais de música do mundo, o Glastonbury, na Inglaterra.

Dia de São Pedro com programação em arraiais no Recife

D. Glorinha do Coco | Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR
Ciclo Junino prossegue com procissão e atrações em Brasília Teimosa e Pátio de São Pedro

A quarta-feira (29), dia de São Pedro, promete não deixar ninguém parado no Recife. Para quem ainda tem fôlego e quer curtir um forró, a pedida será aproveitar a programação festiva do Ciclo Junino 2016, promovida pela Prefeitura do Recife. A parte religiosa da festa fica por conta da procissão de São Pedro, realizada pela Colônia de Pescadores Z1 de Brasília Teimosa. Já na parte profana, dois arraiais estarão em atividade neste dia, um em Brasília Teimosa e o outro no centro da cidade, no Pátio de São Pedro.
 
Brasília Teimosa - A programação começa à tarde, a partir das 14h, com a Procissão que percorre as principais vias da comunidade. O momento é de fé e devoção dos pescadores da comunidade que reverenciam São Pedro, agradecem as graças alcançadas e pedem saúde e fartura para os próximos meses. A atividade é realizada a mais de 50 anos na comunidade e arrasta uma multidão que vê o andor com a imagem partir do cais em um barco, em direção à Boca da Barra, no Porto do Recife, acompanhada por outras embarcações.

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Exposição da Culinária Afro-Brasileira acontece hoje (27), no Pátio de São Pedro

Nas festividades do mês de junho, a tradição também se faz na mesa. O banquete junino é igualmente aguardado, assim como os “arrasta-pés” nos palhoções da cidade. Agora, imagina misturar os pratos típicos deste período do ano com o camarão, o azeite de dendê e a pimenta? É essa a proposta da Exposição da Culinária Afro-Brasileira no Ciclo Junino, que está em sua 10ª edição e acontece hoje (27), no Pátio de São Pedro, a partir das 19h. A iniciativa é uma parceria do Núcleo da Cultura Afro-Brasileira com a Mãe Elza de Iemanjá, os povos tradicionais de terreiros, e conta com o apoio da Prefeitura do Recife, através da Secretaria de Cultura e Fundação de Cultura Cidade do Recife.

A exposição é uma noite dedicada à celebração da culinária africana e à reflexão sobre sua influência nos pratos mais comuns em nosso país. A estrutura este ano conta com onze barracas expondo as iguarias, comandadas pelos babalorixás e as ialorixás, pai e mãe de santo, respectivamente. O público que comparecer à mostra terá a oportunidade de conhecer a origem dos pratos servidos, através de informações reunidas em panfletos, entregues juntos com as iguarias. Serão trinta opções, dez a mais que na edição passada, oferecidas em sete mil unidades de alimentos diversos para degustação. Além da culinária, cantos e rezas serão entoados para comemorar a fartura própria do mês de junho e louvar ao orixá Xangô e ao santo católico São João, celebrados durante este período do ano.

Almir Rouche apresenta o show “Forró pra Dois” na Sala de Reboco

Foto: divulgação
Ressaca do São João será também a gravação da terceira e última etapa do projeto "Rouche 30". Festa acontece neste sábado (2), ás 22h e contará com participações especiais de artistas como Josildo Sá e Genival Lacerda.

O cantor Almir Rouche grava a terceira e última etapa do projeto Rouche 30 (CD/DVD), em comemoração aos seus 30 anos de carreira celebrados este ano, com o show intitulado “Forró pra Dois”, neste sábado (2), na Sala de Reboco, a partir das 22h. A apresentação será a ressaca do São João e contará com participações especiais de Josildo Sá, Liv Moraes, Genival e João Lacerda, Rodrigo Raposo e Derico Alves. O tema do show é título do novo CD de Almir, lançado para o período junino. Os ingressos custam R$ 30 (homem) e R$ 15 (mulher).

No repertório, estão canções como “Dona Tereza” e “Amor para lhe dar” (com Josildo Sá), “Xodó” e “Ficou saudade” (com Liv Moraes), “Radinho de Pilha” e “Galeguinho dos zoi azul” (com Genival Lacerda), “Quem dera” e “Confidências” (com João Lacerda), “Se tu quiser” e “Parte da minha vida” (com Rodrigo Raposo), “Meu cenário” e “A natureza das coisas” (com Derico Alves), “Forró dos namorados”, “Trincheiras da paixão”, “Respeita januário”, “Chililique” e “Forró pesado”.
 

Adriana B recebe convidados no projeto “Vou Sambar”

Foto: Laíze Souza
A cantora e compositora Adriana B comanda o projeto “Vou Sambar”, com músicas autorais e clássicos do samba, neste sábado (2), a partir das 14h, no bar Sr. Chopp, no Espinheiro. Adriana receberá e prestará uma homenagem a um dos maiores instrumentistas brasileiros, Jehovah da Gaita. O evento terá ainda a presença do violonista, compositor, produtor musical e guitarrista da SpokFrevo Orquestra, Renato Bandeira.

O ingresso individual custa R$ 8 à venda no Sr. Chopp, na Rua da Hora, nº 885, Espinheiro. Os primeiros clientes que chegarem vão ter como opção um buffet com feijoada e caipirinha para acompanhar o samba.

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Unidades do Centro de Artesanato de Pernambuco funcionarão normalmente durante o São João



Duas coisas são a cara do nordeste: festa junina e artesanato. Pensando nisto, as duas unidades do Centro de Artesanato de Pernambuco, Recife e Bezerros, estarão de portas abertas durante o São João. Os visitantes que forem em uma das lojas durante o período ainda podem conferir de perto a decor junina.

Tanto no dia 23 quanto 24, a Unidade Recife receberá o público das 8h às 18h. Atualmente, o espaço conta com mais de 20 mil peças disponíveis para comercialização, sendo considerada a maior loja de artesanato do Brasil.

Quem for curtir as festas no Agreste do Estado pode aproveitar e dar uma passadinha no Centro de Bezerros e ainda conhecer todo o acervo do museu, que contém verdadeiras relíquias artesanais, como obras feitas por Mestre Nuca e Ana das Carrancas. A loja e o museu funcionarão das 8h às 17h durante o São João. A entrada para o museu custa apenas R$ 2.

Serviço:
Centro de Artesanato de Pernambuco – Unidade Recife
Av. Alfredo Lisboa, s/n, Praça do Marco Zero – Bairro do Recife
Funcionamento: 8h às 18h (segunda a sábado); 9h às 17h (domingos)
Entrada gratuita

Centro de Artesanato de Pernambuco – Unidade Bezerros
Av. Major Aprígio da Fonseca, BR 232, Km 107 – Bezerros
Funcionamento: 8h às 17h (segunda a sábado); 8h às 14h (domingo)
Entrada gratuita para loja e R$ 2 para o museu



Museu da Cidade fecha na sexta de São João, mas abre sábado e domingo



Devido ao feriado do Dia de São João, na próxima sexta-feira (24) o Museu da Cidade do Recife (Forte das Cinco Pontas, Bairro de São José) estará fechado. No entanto, reabrirá no sábado (25) e domingo (26), funcionando normalmente das 9h às 17h, com entrada gratuita. 
Nesses dias, o visitante poderá conferir a exposição anual Doc(e) Recife, que remonta a história do município a partir da trajetória do açúcar. Através de textos inéditos, gravuras, mapas históricos, fotografias antigas e atuais, peças arqueológicas, decorativas, utilitárias, animações e filmes, a mostra aborda a importância do produto para a economia, o desenvolvimento urbano e as relações sociais, além de estimular nos visitantes proposições sobre o futuro da metrópole. 

Serviço:
Museu da Cidade do Recife
Praça das Cinco Pontas, s/n - São José
(81) 3355-3106/9540

terça-feira, 21 de junho de 2016

Banda Eddie e DJs da Cubana preparam noite de swingue olindense no Clube Bela Vista

Banda Eddie | Foto: Beto Figueiroa
O Clube Bela Vista recebe, no dia 8 de julho, uma noite de bailinho olindense e muita música latina. Ingressos estão disponíveis em venda promocional até o próximo domingo (26/06), no Eventick , nos valores de R$ 25 (estudante) e R$ 30 + 1 kg de alimento (social). Após este período, os ingressos serão disponibilizados em venda física, custando R$ 30 (estudante) e R$ 40 + 1 kg de alimento (social).

A banda Eddie e os DJs da Cubana, Edinho Jacaré e Valdir Português, preparam uma noite de bailinho dançante na festa "Olinda Praia Club". O evento acontece no dia 8 de julho, a partir das 22h, no tradicional Clube Bela Vista - recanto da música latina no Alto Santa Terezinha.

Serviço:
Banda Eddie e DJs da Cubana na festa Olinda Praia Club
Sexta-feira, 8 de julho, às 22h
Clube Bela Vista - Av. Aníbal Benévolo, 636 - Alto Santa Terezinha, Recife

Informações: (81) 3444-3300.

Quinteto Arraial comanda edição junina do Ouvindo e Fazendo Música no MEPE

Foto: Divulgação
Formado por cinco saxofonistas pernambucanos, o Quinteto Arraial é o convidado deste sábado (25) para uma apresentação no projeto Ouvindo e Fazendo Música no Museu do Estado de Pernambuco. Com início as 17h, o ingresso tem o valor fixo de R$6,00 (inteira) e R$3,00 (meia) e entrada gratuita para funcionários e clientes Santander.
Formado em 2013 por integrantes de várias orquestras de Frevos de Pernambuco: Fábio César, Carlos Alberto, Gildo Alves, Parrô Mello e Romero Bomfim, o Quinteto Arraial elaborou um concerto instrumental na qual faz releitura para saxofones dos mais expressivos frevos compostos por compositores pernambucanos. Nomes como Ademir Araújo, Duda, Nunes, Edson Rodrigues, Ivan do Espírito Santo, Parrô Mello, Spok, Nelson Ferreira, Felinho, José Menezes e Lourival Oliveira serão relembrados nesta apresentação.

Tem Forró de Salu, na Casa da Rabeca, nessa quinta (23)

Dudu do Acordeon | Foto: Divulgação
Na Casa da Rabeca, o São João vai ser comemorado como manda o figurino: com um autêntico arraial, animado com muito forró. Nesta quinta-feira (23), Véspera de São João, o espaço abre as portas para o Forró de Salu, que chega à sua 13ª edição este ano. A festa começa às 20h e não tem hora para acabar.

O arraial será animado com muito forró pé-de-serra: além da Família Salustiano e a Rabeca Encantada, a festa terá também o arrasta-pé de Dudu do Acordeon e Forró Serrado. A noite terá ainda apresentação de Gilmar Leite e grupo de coco. A entrada para a festa será um quilo de alimento não perecível, que será doado para a comunidade da Cidade Tabajara, atingida pelas fortes chuvas no último mês de maio.

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Semana de muito arrasta pé no Sítio da Trindade

Foto:Inaldo Menezes

A animação se instalou de vez no Sítio da Trindade e a semana já começa com muita festa com a programação do Ciclo Junino da Prefeitura do Recife

A programação do Ciclo Junino 2016 do Recife pode ser acessada no dropbox:  https://goo.gl/uQn7qs

A festa apenas começou e o forró, que pediu passagem neste último fim de semana, não para no Sítio da Trindade. O arraial principal do Ciclo Junino 2016 promovido pela Prefeitura do Recife, continua com sua programação para gastar o chinelo. Nesta segunda (20), terça (21) e quarta (22) tem mais eliminatórias do 32º Concurso de Quadrilhas Juninas, muito pé de serra no espaço Sala de Reboco, além das comidas típicas do período junino nas barracas instaladas no local.

As eliminatórias do Concurso de Quadrilhas começam às 19h, no pavilhão montado no Sítio. Nesta segunda (20), nove grupos se apresentam no local. Na terça e quarta, dez grupos em cada dia. Das 49 quadrilhas inscritas, 12 serão selecionadas para a grande final que acontece nos dias 24 e 25 de junho. O público está convidado a torcer pela sua favorita.

Enquanto isso, o espaço Sala de Reboco vai estar de portas abertas e convidando o público a cair no balanço do mais autêntico forró pé de serra, ritmo que embala a nação forrozeira no período de São João. São três atrações por noite, sendo que na segunda e terça-feira (20 e 21) o forró por lá começa às 20h. Na quarta-feira (22) a festa tem início às 19h.

Confira a programação:

Liniker, As Bahias e a Cozinha Mineira E Tassia Reis trazem a “Salada das Frutas” ao Recife

Foto: divulgação
Depois de um primeiro show no Recife durante o RecBeat, o fenômeno Liniker e os Caramelows volta para a cidade acompanhado d’As Bahias e A Cozinha Mineira e Tássia Reis com um show que irá animar a festa Saladas das Frutas. Será dia 3 de julho, no Catamarã Tours, no bairro de São José. Os ingressos custam entre R$20 e R$50.
Segundo os musicos, “a Salada das Frutas é uma verdadeira lacração. É um encontro de atitudes, de posicionamentos políticos, de contextos sociais e a celebração do orgulho e da identidade de cada indivíduo. É utilizar a música como um instrumento de mudanças sociais e na quebra de paradigmas preestabelecidos por uma sociedade pautada na ‘tradicional família brasileira’. Diante dos tempos nebulosos que o Brasil enfrenta na esfera política, é hora de resistência e luta. Cantar liberdades, corpos e amores. Denunciar preconceitos, conquistar direitos e quebrar barreiras tendo como grandes armas a música, a alegria e o respeito. É o momento de desconstruir conceitos para a construção de um novo cenário musical.”

Banda Sinfônica do Recife realiza concerto nesta quarta (22) no Teatro de Santa Isabel

Foto: Inaldo Lins/PCR
Programa traz peças de Tchaikovsky, João Bosco e Sivuca

A noite desta quarta-feira (22), pré São João, também tem espaço para a música clássica e brasileira. A Banda Sinfônica da Cidade do Recife sobe ao palco do Teatro de Santa Isabel, a partir das 20h, para realizar o 4º Concerto Oficial da Temporada 2016, e traz um repertório que vai de Tchaikovsky, passando por João Bosco e Sivuca. O concerto tem a regência do maestro Nenéu Liberalquino e entrada franca ao público.
A noite abre com a Dance of The Bohemians, de Tchaikovsky, seguida da Festival Prelude, de Alfred Reed. Logo depois, dois clássicos da Música Popular Brasileira serão executados pelos músicos da BSCR: O Bêbado e a Equilibrosta, de João Bosco e Aldir Blanc; e Feira de Mangaio, de Sivuca e Glorinha Gadelha. 

Espetáculo Sonho de Menino, Dominguinhos Cantador terá nova apresentação nessa quinta (23)

Foto: Andréa Rêgo Barros/ PCR
Uma homenagem à altura do homenageado. Assim pode ser definido o espetáculo Sonho de Menino, Dominguinhos Cantador, apresentado neste domingo (19), no Sítio Trindade, em Casa Amarela. Encenada pelo Quinteto Violado e a Quadrilha Raio de Sol, a montagem encheu de cores e alegria o pavilhão montado no local e foi prestigiada por um público que lotou o espaço, além do poeta Jessier Quirino (que faz uma participação especial), pela secretária de Cultura Leda Alves, o secretário executivo de Gestão Cultural Williams Santana, e o presidente da Fundação de Cultura Cidade do Recife, Diego Rocha.

Durante cerca de uma hora, os brincantes da Quadrilha Raio de Sol evoluiram para contar um pouco da vida do cantor Dominguinhos, falecido em 2013. Com a típica movimentação da quadrilha, somada a outros componentes coreográficos, os 120 dançarinos cantaram e encantaram ao som de composições do cantor, executadas pelos músicos do Quinteto Violado. Entre uma coreografia e outra, os versos do poeta e escritor Jessier Quirino completou a montagem.   

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Domingo tem Procissão dos Santos Juninos em Casa Amarela

Fotos: Andréa Rêgo Barros / Aquivo PCR
A celebração completa 10 anos de existência. Concentração acontece no Morro da Conceição, às 17h.

Neste domingo (19) o bairro de Casa Amarela sedia a 10ª edição da Procissão dos Santos Juninos. A concentração é no pátio da Igreja do Morro da Conceição, a partir das 17h, de onde o cortejo sai com destino ao Sítio Trindade, passando pela Rua da Harmonia e Estrada do Arraial. A expectativa é de que a procissão inicie o seu percurso às 18h. A iniciativa é da Prefeitura do Recife, através da Secretaria de Cultura e Fundação de Cultura Cidade do Recife.

Vinte bandeiras de vários municípios da Região Metropolitana do Recife participam do cortejo. A Bandinha 19 de fevereiro acompanha a procissão na primeira etapa do trajeto, na descida do Morro da Conceição, junto com os integrantes da Associação dos Bacamarteiros de Pernambuco e da Banda Vereda Tropical tocando hinos sacros. Eles acompanham o andor com as imagens de São João, Santo Antônio, São Pedro e São José. Este último integra a romaria por marcar o período do plantio do milho. Ao descer o morro, a procissão será conduzida pela Forróvioca, que será animada pelo Trio Pé de Serra Forró Luado até o Sítio Trindade.

SINCRETISMO – Momento de fé, a Procissão dos Santos costuma reunir diversos profissionais envolvidos no ciclo junino, que aproveitam para agradecer e celebrar as conquistas obtidas neste período do ano. Um ponto importante a destacar é a louvação ao orixá Xangô, que também acontece durante a procissão. Representado através da figura de São João, está entre os elementos que caracterizam o ciclo como um momento de respeito às diversidades e de sincretismo religioso.

Confira o roteiro:
17h- Concentração no pátio da Igreja do Morro da Conceição
Missa
18h- Saída do Morro da Conceição, seguindo pela Rua da Harmonia e Estrada do Arraial
19h- Chegada ao Sítio Trindade - Festejo dos Santos

Serviço:
Procissão dos Santos Juninos
Quando: domingo, 19 de junho
Horário: a partir das 17h
Concentração no Pátio da Igreja da Conceição, Morro da Conceição, Casa Amarela, Recife.
Informações: Marcelo Varela fone: 3355.3137 / 99317.0540



Forró, fé e tradição no primeiro fim de semana do Ciclo Junino do Recife

Quadrilha Junina Tradição em apresentação no São João de 2015
Foto: arquivo PCR
Com uma programação que promete não deixar ninguém parado, o Sítio Trindade abre os festejos na cidade, que conta ainda com a Procissão dos Santos em Casa Amarela

Neste fim de semana o forró e a animação já tem endereço certo: o Sítio Trindade. O palco principal do Ciclo Junino 2016, promovido pela Prefeitura do Recife, abre seus portões para o arrasta pé com o 32º Concurso de Quadrilhas Juninas, o forró pé de serra do espaço Sala de Reboco, e o espetáculo “Sonho de Menino, Dominguinhos Tocador”. Completando a agenda deste fim de semana, tem ainda momento de fé e tradição na 10ª Procissão dos Santos Juninos. É o início de uma grande festa, que animará por 17 dias a cidade do Recife com muita tradição e alegria. Toda a programação é inteiramente grátis.

Na sexta (17) e no sábado (18), a partir das 19h, acontece o 32º Concurso de Quadrilhas Juninas. A cada noite, dez Quadrilhas Juninas se apresentam no Palhoção montado no Sítio da Trindade, dando início à disputa pelo título de campeã de 2016. A competição segue pelos dias 20, 21 e 22 e as quadrilhas campeãs serão conhecidas na grande final que acontece nos dias 24 e 25 de junho.

18º Baile dos Namorados no Paço Alfândega nesta sexta (17)

Grandes nomes do forró animam a festa que vai reverter a renda para entidades sociais

Geraldinho Lins | Foto: Andréa Rêgo Barros
A noite desta sexta-feira (17) promete ser de muito romantismo e solidariedade no Bairro do Recife. É que a partir das 21h, tem início o 18º Baile dos Namorados promovido pela Prefeitura do Recife, no Arcádia Paço Alfândega. Nesta edição, artistas da terra animam a festa que terá a renda destinada a instituições beneficentes da cidade. Os ingressos para o baile já estão esgotados.
 
A noite promete não deixar ninguém parado com o melhor do forró regional. Na programação a banda Fim de Feira e os cantores Petrúcio Amorim, Nádia Maia, Jorge de Altinho, Maciel Melo e Geraldinho Lins. A renda deste 18º Baile dos Namorados será revertida para a Associação Pernambucana de Apoio aos Doentes de Fígado – Apaf e Associação Comunitária dos Moradores da Ilha do Chié.

Serviço:
18º Baile dos Namorados
Quando: sexta-feira, dia 17 de junho
Horário: 19h
Arcádia Paço Alfândega - R. Alfândega, 35, 4º andar- Bairro do Recife


*com informações da assessoria de imprensa 

Projeto Gerações Musicais faz tributo à música regional

Encontro promovido pela Arte Plural Galeria reúne os músicos Antúlio Madureira e Vinícius Barros para pocket show que mergulha nos ritmos pernambucanos e bate-papo com o público, no dia 29 de junho
Antúlio Madureira | Foto: Fernando Azevedo
O universo da música pernambucana será lembrado na 18ª edição do Gerações Musicais, projeto especial da Arte Plural Galeria que reúne musicistas de diferentes gerações e estilos musicais. No encontro deste mês, a iniciativa apresenta encontro do veterano Antúlio Madureira com Vinícius Barros, que promovem uma imersão na música popular do Nordeste. O evento será na quarta-feira (29/06), às 19h, na própria Arte Plural. A entrada é gratuita para todo o público.
Durante o evento, Antúlio e Vinícius tocam canções que recontam suas trajetórias artísticas, que se encontram na valorização dos sons próprios do Nordeste. Cantor, compositor e multi-instrumentista de carreira consolidada, Antúlio passeia por experimentações musicais, histórias de vida e canções que remontam sua passagem pelo Balé Popular do Recife e por grupos como Quinteto Armorial e Trio Romançal Brasileiro, promovendo uma verdadeira viagem ao tempo.

Forró, romarias, cultura africana, construções históricas e muito mais no Olha! Recife deste fim de semana

O Olha! Recife entrou no clima junino e traz, neste fim de semana, passeio dedicado a um dos ritmos mais característicos da região Nordeste: o forró. Além dele, também haverá tour dedicado à cultura afro, às romarias e à história do Palácio do Campo das Princesas, construção do século XIX. O projeto de sensibilização turística da Prefeitura do Recife é realizado pela Secretaria de Turismo e Lazer e garante passeios gratuitos com acompanhamento de guias de turismo.

No sábado (18) serão duas opções de passeios. Com saída às 9h, da Praça do Arsenal, o primeiro ônibus vai levar os participantes para um circuito do Forró, que pretende contar o surgimento e a história deste estilo musical tão presente na cultura nordestina. Esse ritmo, que ganha ainda mais força no mês de junho por causa do São João, conta com variantes como xote, baião e xaxado e um representante absoluto como Luiz Gonzaga, conhecido mundialmente pelo trabalho realizado ao longo de sua vida.
O tour vai passar por locais como o Pátio de São Pedro, tradicional espaço para comemores de São João e é também local onde está o Memorial Luiz Gonzaga, espaço de pesquisa dedicado ao Mestre Lua. Os participantes também serão levados ao museu Cais do Sertão, que além de todo seu acervo histórico, também conta com equipamentos multimídia que apresentam a cultura sertaneja aos visitantes.

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Banda Paranã Puká comemora 10 anos de história nesse sábado (18)

Foto: divulgação
Música regional nordestina, com uma pegada rock, uma mistura de coco, ciranda, maracatu, xote, embolada e xaxado é o estilo da banda Paranã Puka. O gurpo tem influências de vários artistas da região que eternizaram seus estilos, como o movimento mangue que teve como líder o saudoso Chico Science nos anos 90. Nesse sábado (18), a Paranã Puká comemora seus 10 anos de resistência cultural, a partir das 20h no Xinxin da Baiana, no Carmo, em Olinda. Alem da Banda, o público vai conferir as bandas Aliados CP, Coco Santiago e Conexão PE.

Os ingressos estão à venda no local (ao lado do Clube Atlântico de Olinda) e no Xinxin das Artes ou pelo telefone/whatsapp 99268--4638. A entrada custa R$10 (para todos) mais um quilo de alimento não perecível que será revertido para uma instituição social que desenvolve atividade cultural com a juventude.

Serviço:
Show de Paranã Puká – 10 anos
Sábado, 18 de junho
20h
Xinxin da Baiana – Av. Sigismundo Gonçalves, 742 - Carmo
Ingresso: R$10 + 1kg de alimento não perecível.
Informações: 98601.8843

Projeto Garimpo na Casa do Cachorro Preto

Garimpo, o projeto colaborativo do designer mineiro Carlos Penna em exposição em Olinda, de sexta-feira (17) a domingo (19), com a parceria da artista pernambucana Joana Liberal.

Carlos Penna apresenta novos caminhos para produção de acessórios. Marcadas pela singularidade e pelo inusitado, as peças trazem consigo uma história que ultrapassa os conceitos comuns do design de jóias. Baseando-se no princípio de que a peça não precisa ser necessariamente uma joia. A sua marca está sempre brincando com as mais variadas possibilidade de formas, materiais, contextos e usos. 

Joana Liberal, artista plástica escolhida para esta edição do projeto, formada em artes plásticas pela UFPE, tem uma extensa pesquisa de materiais e texturas. Seu trabalho é marcado pela versatilidade estética e pela plasticidade. Desenvolve trabalhos com modelagem, escultura e ilustração entre outros talentos.

A ideia é fazer um intercâmbio artístico que traz, como carro chefe, a experimentação e a liberdade de criação, buscando utilizar os mais diferentes tipos de materiais e técnicas.

Serviço:
Garimpo - Carlos Penna e Joana Liberal
A Casa do Cachorro Preto
Rua 13 de maio, 99-Carmo, Olinda
17 18h

quarta-feira, 15 de junho de 2016

Tem quadrilha matuta em perna-de-pau nessa sexta (17)

Ensaio geral | Foto: Divulgação
A Quadrilha Matuta em perna-de-pau EPC na Roça foi criada no ano de 2004 e, desde então, vem sendo apresentada no bairro da Macaxeira como forma de comemorar o ciclo junino e o encerramento das atividades do I semestre da Escola Pernambucana de Circo.
Nessa sexta (17), o grupo se apresenta pelo 12º ano consecutivo fazendo um grande arraial, aberto ao público, às 18h, na

Esse ano a quadrilha tem como tema “O Palhaço Sertanejo em Busca da Moeda Circense”, que busca trazer à tona a importância dos feirantes do Nordeste para a nossa cultura, assim como a valorização do artesanato, uma das nossas principais manifestações culturais. Dessa forma, o tema se desenvolve a partir do casamento de um Palhaço Sertanejo com uma moça apaixonada pelo artesanato e que se encanta com esse Palhaço Sertanejo, que também é artesão, ao vê-lo vendendo suas peças. Desse amor pela cultura nasce uma história de amor que passa por vários preconceitos pelas suas diferentes origens, mas cada dificuldade só faz crescer ainda mais o amor do casal e eles acabam mostrando que podem realizar seus sonhos quando o amor é mais forte.

O Tempo Perguntou ao Tempo: últimas apresentações no Marco Camaroti

Foto: Flora Pimentel
Espetáculo e dança para crianças dá novos ares às cantigas populares de Portugal e do Brasil

O Tempo Perguntou ao Tempo, montagem que leva a plateia a acessar as lembranças da infância, continua e cartaz no Sesc Santo Amaro. As últimas apresentações acontecem nos dias 16,17,18 e 19 de junho. Das brincadeiras populares à comida de vó, doces e cantigas de roda, o espetáculo de dança para crianças, faz uma viagem pelo imaginário infantil contando pequenas histórias de bichos e de gente, com uma trilha sonora que dá novos ares às canções populares já conhecidas do público.

Lançada em 2013, a montagem é resultado de uma residência artística do Grupo Acaso em Portugal e foi realizada em conjunto com artistas locais, numa troca entre os dois países. A residência trouxe à cabo as semelhanças musicais entre as duas culturas e a trilha sonora se tornou o ponto forte desse encontro. “Fizemos uma pesquisa baseada nas parlendas portuguesas (rimas infantis) e nas brincadeiras de roda. Procuramos levar nossas influências regionais, enquanto Narciso Fernandes - que montou a trilha junto com a gente – trouxe os ritmos portugueses, foi mesclando tudo. Nossa maior preocupação era fazer algo novo com essas músicas tradicionais, então trouxemos novos elementos, como as batidas eletrônicas, pra chamar mais atenção das crianças”, explica Bárbara Aguiar, diretora do grupo.

Montagem Três dias de Chuva terá apresentações no Recife

Foto: Divulgação
Com direção, tradução e adaptação de Jô Soares, os atores Carolina Ferraz, Otávio Martins e Fernando Pavão desdobram-se em dois papéis cada um na montagem Três dias de Chuva. O espetáculo será apresentado no Recife de 24 a 26 de julho, no Teatro Rio Mar.

Em 1997, o escritor americando Richard Berg foi indicado ao Prêmio Politzer pelo texto “Três dias de Chuva”. Em 2014, a montagem estreou em São Paulo, sendo sucesso de público e crítica e agora volta aos palcos para apresentação em seis capitais. A história se passa em dois tempos, 1995 e 1960, e m aborda duas gerações de uma família, cujos filhos não conseguem entender as atitudes dos pais no passado.

No primeiro ato, que se passa em 1995, vemos o jovem Wlaker, sua irmã Anna e o amigo Pip, filhos de dois grandes e renomados aequitetos, Ned e Theo. Com a recente morte de Ned, os filhos de reúnem para a leitura do testamento. Ao desciobrirem que parte da herança é dada a Pip, os irmãos discutem e julgam o passado do pai, acusando-o de ser ausente em suas vidas.

No segundo atao, que se passa em 1960, o jovem Ned e seu sócio Theop sonha, em construir grandes obras e firmar seus nomes como arquitetos. No entanto, os sonhos de ambos começam a desmoronar quando Ned se apaixona por Lina, a namorada de seu sócio – e theo percebe que essa paixão é correspondida pela mulher que ama.

Serviço:
De 24 a 26 de julho
Sexta e sábado, às 21h
Domingo, às 19h
Teatro RioMar Recife - Av. República do Líbano, 251 / 4º piso – RioMar Shopping
Ingressos: Balcão nobre - R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia) | Plateia alta: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia) | Plateia baixa: R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia)


terça-feira, 14 de junho de 2016

Divulgada a programação do São João do Recife 2016

Santanna - foto Lú Streithorst
Festejos juninos terão duração de 17 dias em todos os cantos da capital pernambucana. 
O anúncio da programação foi feito pelo prefeito Geraldo Julio na manhã desta terça (14).

A Prefeitura do Recife anunciou nesta terça-feira (14) a estrutura e programação da festa de São João deste ano. O Ciclo Junino, que tem início na próxima quinta-feira (16), será caracterizado pela tradição e valorização dos artistas da terra. Ao todo, 41 Arraiais estarão espalhados por toda a cidade, onde o bom Forró Pé de Serra e a apresentação das Quadrilhas Juninas serão as grandes atrações. O prefeito Geraldo Julio, durante o anúncio, ressaltou a realização de uma grande festa, à altura da tradição do São João do Recife.

"Esse ano vai ter São João no Recife, sim. Os artistas vão ter oportunidade de se apresentar e o público vai ter onde comemorar os festejos juninos. A gente tá fazendo isso com um esforço muito grande, com verba de patrocínios e uma parte de recursos da Prefeitura também", disse o prefeito Geraldo Julio. "Vão ser 41 locais na cidade onde acontecerá o São João. O Sítio Trindade é o maior deles onde a gente vai ter as maiores apresentações. Garantimos também o concurso de quadrilhas juninas, que é um valor muito importante no nosso São João. As pessoas passam o ano inteiro ensaiando, se preparando para se apresentar e isso está garantido. Os investimentos vão girar em torno de R$ 4 milhões no São João de 2016 aqui no Recife, grande parte de patrocínio", complementou o prefeito.