quinta-feira, 31 de março de 2016

Adote um Pet: feirinha para adoção de animais no Paiva, neste domingo (3)


O evento contará com recreação, espaço para banho e tosa, venda de acessórios e arrecadação de rações para os bichinhos neste domingo (3)

Neste domingo, 3 de abril, o Empório Gourmet Reserva do Paiva vai realizar a primeira edição da feirinha ‘Adote um Pet’. O evento de adoção de animais, que acontece das 9h às 15h, vai contar com espaço de recreação, pet móvel com banho e tosa, venda de acessórios e arrecadação de rações, que serão doadas para a ONG Pet PE, parceira da feira.

Durante o evento, cães e gatos resgatados das ruas estarão disponíveis para adoção. Os interessados em levar os bichinhos para casa serão entrevistados para que a equipe da ONG Pet PE possa conhecer o novo lar e explicar os cuidados que devem ser tomados para o bem-estar do animal de estimação. Para adotar é preciso ter mais de 18 anos, apresentar documento de identidade e assinar o termo de guarda responsável.

A entrada para a feirinha é gratuita e o evento também contará com um espaço kids para as crianças se divertirem. Para os animais brincarem na área de recreação será cobrada uma taxa de R$10 sem limite de horário.

Serviço:
Adote um Pet’ no Empório Gourmet
Domingo, 3 de abril
Das 9h às 15h
Empório Gourmet - Avenida A, nº 4616, Qd G1,Lt1A, Paiva – Cabo de Santo Agostinho
Taxa para recreação: R$10
Informações: (81) 3102-1062 / 98227-9552


Festival Life's too Short apresenta novas bandas

Frabin | Foto: divulgação
Neste sábado, 2 de abril, a partir das 18h, o Baile Perfumado recebe o festival Life's too Short, iniciativa que promete incentivar novas expressões do rock independente no Recife. Em sua primeira edição, o evento traz como principais atrações a banda catarinense Frabin, em turnê pelo Nordeste, e os alagoanos da Milkshakes.
Diferentemente dos grandes eventos que marcaram a história do Baile Perfumado, o Life's too Short traz uma proposta mais intimista, utilizando uma nova estrutura. O espaço terá um palco menor, para maior interação do público com os artistas, foodtrucks e exposições de artistas independentes da cidade.

Projeto Hoje Tem Espetáculo começa nesta quinta (31)

Espetáculo Angélicus | Foto: Markemídia
De quinta a domingo, cinco produções ocupam o palco do  Teatro Luiz Mendonça.

Estréia nesta quinta (31) com a montagem Angélicus, o projeto Hoje Tem Espetáculo, no Teatro Luiz Mendonça, localizado no Parque Dona Lindu. Entre quinta e domingo, o projeto trará a cada dia, uma produção local selecionada no edital 2016. Na sexta (1), entra em cartaz o espetáculo, O Açougueiro, recém-chegado de uma temporada de sucesso no Festival de Teatro de Curitiba. No sábado, o público confere o espetáculo musical Saudosiar... A noite insone de um palhaço. No domingo, a programação é para a criançada, com as apresentações de Rei Leão - o Musical, e Pinóquio e suas Desventuras.

Agora é só se programar e curtir os espetáculos. Conheça um pouco de cada um aqui:

Angélicus - Em cartaz nas quintas 31 de março 7, 14 e 21 de abril, sempre às 20h, com texto de Hamilton Saraiva, a peça aborda a tradição do cômico, ao mesmo tempo em que rompe com essa mesma tradição. Tendo como tema a prostituição, a obra aposta que há várias maneiras de prostituir-se, seja através do território sexual – o mais convencional – ou outras maneiras impostas pelos aparelhos ideológicos, como a igreja, a família, o estado ou a polícia. A peça fez parte da programação do 17º Festival Recife de Teatro Nacional, realizado em novembro do ano passado. Os ingressos para Angélicus poderão ser adquiridos ao preço de R$20 (inteira) e R$10 (meia).

Forró na Caixa embala fim de tarde na Casa Astral

Forró na Caixa | Foto: divulgação
O grupo musical Forró na Caixa comanda, neste sábado (2), o Baile da Paixão, que acontece na Casa Astral, no Poço da Panela. Será um charmoso baile de rabeca pernambucano com os ritmos do baião, xote, samba e rasta-pé. O baile terá ainda um bazar com produtos de artistas parceiros da Casa e lanchinhos veganos. A festa começa às 17h.
O grupo Forró na Caixa, com seu baile pernambucano de rabeca influenciado pelo movimento cultural pós-manguebeat nas cidades irmãs Recife e Olinda, apresenta um repertório singular de forró (xote, rasta-pé, baião e samba), com releituras de músicas da tradição oral, instrumentais, clássicos da MPB e autorais.
Na rabeca e pedais de efeitos, Thiago Martins é o principal vocalista, junto com Rodrigo Samico que rege a banda com seu contra-baixo e vocais. No conjunto, os percussionistas Rodrigo Felix, Ju Valença e Frank Sósthenes se revesam na zabumba, no pandeiro, no triângulo e no ganzá, além de cantar e dançar os trupés e pisadas de Cavalo Marinho durante espetáculo.
Serviço:
Baile da Paixão com Forró na Caixa
Sábado, 2 de abril,
17h
Casa Astral - Rua Joaquim Xavier de Andrade, 104 - Poço da Panela

Ingresso: R$15  ou na R$10 lista amiga

Publius apresenta novo clipe e dá prévia de novo disco em show nesta sexta (1)

Foto: Adriano Sobral
Como um artista que alia inovação, contemporaneidade e tradição, Publius carrega uma sonoridade pernambucana, mas que consegue ao mesmo tempo dar um sotaque de universalidade a sua música. Atualmente o cantor está em fase de pré-produção do seu segundo CD, mas nem por isso deixará de conceder ao público uma prévia do que está por vir.

O Roda Cultural no Recife Antigo recebe nesta sexta (1), às 20h, um show especial do artista, no qual ele apresenta um novo clipe da música inédita "Só o mundo não percebeu" (Publius/Wilson Freire). O videoclipe foi dirigido por Pablo Lopes e Fred Figueiredo, sendo gravado ao vivo no Fábrica Estúdios no começo deste ano.
No show Publius canta, toca guitarra e violões e é acompanhado por Hugo Linns (baixo e samplers) e Cristano Lemgruber (bateria). O artista visual VeeJay Mozart vai projetar e manipular imagens em tempo real durante a apresentação para criar um ambiente diferenciado para a música. No repertório, Publius apresenta não apenas a música que ganhou clipe como faixas de seu primeiro CD "Solo", além de releituras de canções de Walter Franco, Lula Cortes e Sérgio Sampaio, adiantando para o público como será o projeto "Som da Massa", que vem reverenciar as influências musicais do artista.
Serviço:
Show de Publius e Lançamento do clipe "Só o mundo não percebeu"
Sexta, 1 abril
20h
Roda Café Cultural - Rua Madre de Deus - Recife Antigo
Mais informações: www.publius.com.br

Cantor Didi da Paixão, ex-vocalista da banda Paixão Brasileira do Brega, lança primeiro CD/DVD no Clube das Pás

Foto: divulgação
Apresentação acontece neste domingo (3), a partir das 16h 

O cantor Didi da Paixão fará o lançamento do primeiro CD/DVD em carreira solo, comemorativo aos seus 20 anos de carreira, neste domingo (3), a partir das 16h, no Clube das Pás. O artista ficou conhecido quando participou da banda Paixão Brasileira do Brega no início dos anos 2000, como vocalista. Além do show de Didi, a Orquestra das Pás também sobe ao palco do clube.

O trabalho, que conta com 15 faixas, foi gravado no final do ano passado em um estúdio do Recife. No repertório, o artista apresenta a canção inédita “Juras de Amor”, além de releituras de grandes sucessos da banda Paixão Brasileira do Brega, como “Agora Vá”, “Lutar por uma Ilusão” e “Sofro Demais”. As 300 primeiras pessoas que comprarem os ingressos terão direito a um DVD do cantor.

Dose dupla – Antes do show de Didi da paixão, o Clube das Pás terá duas noites de show da Orquestra das Pás. O corpo musical anima o público na sexta (1) e sábado (2) a partir das 20h. Os ingressos, para cada dia, custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), disponíveis na bilheteria da sede da entidade.

Serviço:
Show de Didi da Paixão - lançando CD/DVD
Domingo, 3 de abril
16h
Clube das Pás - Rua Odorico Mendes, 263 - Campo Grande.
R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia) – à venda na bilheteria.
Mais informações: (81) 98543. 7595 | 98685 .2409

quarta-feira, 30 de março de 2016

Cordel do Amor sem Fim se apresenta gratuitamente no Terreiro de Mãe Amara

Foto: Thais Lima
Nesta quarta-feira (30), às 18h, o espetáculo Cordel do Amor sem Fim, do grupo O Poste Soluções Luminosas, se apresenta no Terreiro de Mãe Amara (Ilê Obá Aganju Okoloyá), na rua Mamede Coelho,231, Dois Unidos. A encenação faz parte do projeto "Cordel do Amor Sem Fim; Manutenção de Temporada", patrocinado pelo Funcultura 2013/2014. Com texto da jovem escritora baiana, Cláudia Barral e dirigido por Samuel Santos, a peça é vencedora de vários prêmios nacionais e já participou dos principais festivais internacionais.  Atualmente, dentro de outro projeto do Funcultura, a peça também está em circulação por cidades do Sertão do São Francisco incluindo também municípios pertencentes a outras macrorregiões do Estado de Pernambuco (Mata, Agreste e o Território de Fernando de Noronha). 

Del Rey comemora 50 anos da Jovem Guarda com show na festa Encontro de Brotos

Foto:José de Holanda

Sucessos do iêiêiê serão interpretados pelo grupo no Clube Atlântico de Olinda. Esta é primeira apresentação do grupo em terras pernambucana este ano.

Os 50 anos da Jovem Guarda serão comemorados na festa "Encontro de Brotos", com a apresentação da maior representante contemporânea do movimento, a banda Del Rey. O show acontecerá no dia 9 de abril, no Clube Atlântico de Olinda, a partir das 22h. A noite ainda conta com a participação da banda Sebastião e os Maias. Os ingressos estão disponíveis antecipados no valor promocional de R$ 30.

A notória parceria entre Roberto e Erasmo Carlos, que dividiu a história da música brasileira nos anos 60, é reinventada pela banda Del Rey, que foi concebida da fusão de dois dos maiores nomes da música pernambucana: a banda Mombojó e o cantor China. No show, além das consagradas canções da dupla, os integrantes expandem o repertório e exploram novidades em versões para músicas como "Pobre menina", "O Caderninho", "Devolva­-me",  "Eu não presto, mas eu te amo", entre outras. 

A banda é formado por China (voz), Chiquinho Moreira (teclado), Felipe S. (guitarra e baixo), Marcelo Machado (guitarra e baixo) e Vicente Machado (bateria).

OS MAIAS - Formada há quatro anos a partir da reunião de músicos pernambucanos que tem como identificação e formação musical a obra de Tim Maia, a Sebastião e os Maias concentra seu repertório não apenas nas músicas que permeiam o imaginário pop, mas também nas canções mais desconhecidas do cantor. O grupo é liderado pelo cantor e ator Rafael Cavalcanti, que atualmente faz parte do musical "Ópera do Malandro", dirigido por João Falcão. Além de Rafael, também fazem parte da banda: Chico Rocha (guitarra), Thiago Menezes “Chunito”(guitarra), Rafael Gadelha (baixo), Cássio Sales (bateria) e Bruno Melo (percussão). Nos shows, um potente naipe de metais e teclado transformam as apresentações, envolvendo a plateia numa atmosfera única.

Serviço:
Encontro de Brotos apresenta Del Rey
(abertura: Sebastião e os Maias)
Quando: 9 de abril | às 22h
Onde: Clube Atlântico de Olinda (avenida Sigismundo Gonçalves)
Quanto: R$ 30 (primeiro lote)
Informações: 3325-3327

Mamam recebe o projeto Mesa pra 3

Neste dia 1 de abril, o Mamam recebe a partir das 16h, o projeto Mesa pra 3. Trata-se de um novo projeto de culinária organizado por Alice Teshima e Brenda Barros, no qual são preparados um drink, um prato salgado e uma sobremesa. Nessa edição, haverá a partição musical de Walter Areia & Rafael Marques. No repertório, os músicos apresentarão composições próprias e de grandes mestres da música popular brasileira. Os arranjos são assinados tanto por Areia, que é contrabaixista de bandas como Mundo Livre S/A e Areia e Grupo de Música Aberta, quanto pelo bandolinista Rafa Marques, da banda Saracotia.

Na ocasião, o público o projeto 
Poesia Alimentar, um movimento que visa apresentar para as pessoas a poesia como alimento. Fazendo com que elas criem o hábito de ler durante ou após as refeições. O projeto é de Helimar Macêdo. Para se manter atualizado e conferir o projeto: https://www.instagram.com/mesapratres/

Serviço:
Mesa Pra
 3
Sexta-feira, 1 de abril, às 16h
Mamam – Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães
Rua da União, 88 – Boa Vista
3355.6870/6871
Gratuito
Atenção à entrada do evento: A partir das 17h o museu estará fechado na Rua da Aurora – devido ao encerramento da exposição. 


terça-feira, 29 de março de 2016

Síndrome de Down é tema do Cine Arte FG




Os desafios e inclusão do portador de Síndrome de Down na sociedade são tema do documentário Do Luto à Luta, que será exibido quarta-feira (30), às 16h, no campus Piedade da Faculdade dos Guararapes (FG) . Com roteiro e direção de Evaldo Mocarzel, a película estreia o Cine Arte FG, iniciativa do Núcleo de Acessibilidade da FG para discutir temas socioculturais com alunos e a comunidade.

Do Luto à Luta é um longa comovente, por meio do qual pais e filhos relatam histórias de rejeição, superação e amor incondicional. Mostra ainda o desconhecimento da realidade, preconceitos, dificuldades enfrentadas no cotidiano e medos, bem como depoimentos, experiências dos entrevistados e potencialidades. O filme participou de diversos festivais e ganhou vários prêmios. Após a exibição haverá debate sobre o tema.

O Cine Arte FG é uma ação que acontecerá uma vez ao mês. A próxima exibição ocorrerá no final de abril. De acordo com a coordenadora do Núcleo de Acessibilidade da FG, Andréa Coelho, o assunto escolhido para exibição está alinhado com o mês da pessoa com Síndrome de Down.

Serviço:
Exibição do filme Do Luto à Luta, sobre Síndrome de Down.
Quarta-feira, 30 de março, às 16h.
Onde: Sala 7 do bloco ”A”, do campus Piedade da Faculdade dos Guararapes (FG), na rua na Rua Comendador José Didier, 27, em Piedade.
Gratuito - aberto a alunos e à comunidade.


Espetáculo “Nelson Freitas e Vocês” chega ao Teatro Boa Vista


Humorista do “Zorra” apresenta seu show pela primeira vez para o público do Recife neste sábado (02)

Um dos maiores humoristas da atualidade, Nelson Freitas chega ao Recife para mostrar o espetáculo “Nelson Freitas e Vocês”, em única apresentação neste sábado (02), no Teatro Boa Vista. Será um show de humor com o ator e comediante do programa de televisão Zorra, a partir das 21h, onde ele canta, dança, interpreta e faz a plateia se divertir dando muitas gargalhadas.

No show, o comediante, famoso por integrar o elenco do programa humorístico “Zorra”, da TV Globo, em personagens como o marido traído do quadro “Márcia e Leozinho”, vai interpretar, de cara limpa, o cotidiano e as relações humanas, como casamento, infidelidade, auto-estima, mudanças radicais das tecnologias de comunicação ao longo dos anos e a melhor idade, através de histórias e personagens hilários, interagindo com a plateia de forma leve e descontraída.

A apresentação aqui no Recife faz parte do projeto Abril pro Riso, do Teatro Boa Vista, que trará humoristas conhecidos neste mês de abril. Os próximos comediantes a se apresentarem no local são André Lucas (dia 23) e Eri Johnson (no dia 30).

Serviço:
Show de humor “Nelson Freitas e Vocês”
Sábado (02), às 21h
Teatro Boa Vista
Rua Dom Bosco, 551, Boa Vista.
R$ 70 e R$ 35 (meia)
Informações: (81) 2129-5961

Shiko expõe e Isaar canta na Casa do Cachorro Preto

Nesta quinta (31), tem abertura de exposição de Shiko, Retinto, e Isaar encerra a Mostra que é Femi. O Ilustrador paraibano traz 20 obras com diferentes técnicas e suportes que abordam a cultura, a religião, a política e o cotidiano de mulheres e homens negros. São desenhos e pinturas, retratos, em sua maioria, simples e viscerais ao mesmo tempo.

Retinto reúne peças de vários períodos e fases do artista, foi apresentada ao público em João Pessoa em novembro de 2015 e agora chega à Casa do Cachorro Preto, em Olinda. Shiko é Ilustrador, desenhista, quadrinista e grafiteiro  paraibano. Aquarela, quadrinhos, ilustração e graffiti são as técnicas que ele mais utiliza. O artista trabalhou na versão do personagem “Piteco”, convidado pelos Estúdios Maurício de Souza, já expôs no Instituto Europeu de Design ( IED ) na Holanda, no Salão do Livro de Paris, além de Florença, Lyon e Recife. Participou da 1° Bienal Internacional de Graffiti de Belo Horizonte. Em 2012, publicou a adaptação para os quadrinhos do romance ”O Quinze”, de Rachel de Queiroz, pela Editora Ática. Publicou o quadrinho Lavagem e a HQ erótica “Talvez seja mentira”. Em 2015 ganhou o Prêmio Angelo Agostini como melhor desenhista.

Também na quinta-feira, a cantora Isaar se apresenta, marcando o encerramento da “Mostra Que é Femi”, atividade que marcou o lançamento do Coletivo Vaca Profana, durante o mês de Março.

Serviço:
Abertura da Exposição Retinto de Shiko
Show de Isaar + Dj Xuana + perfomance da Vaca Profana
Quinta-feira, 31 de março, 19h
A Casa do Cachorro Preto
Rua 13 de maio, 99 - Cidade Alta – Olinda
Galeria aberta ao público

Entrada para o show R$ 10

Instalação 1 Dedo de Prosa fica em cartaz até 10 de abril no Mamam

O artista plástico pernambucano Marcelo Silveira e a professora e pesquisadora Cristina Huggins assinam a instalação1 Dedo de Prosa, que está em exposição no salão térreo do Museu da Arte Moderna Aloisio Magalhães (MAMAM), no Centro do Recife, até o próximo dia 10 abril.

A obra é um mobiliário, formado por uma mesa e quatro bancos, que antes de ser exposto no museu foi levado para calçadas e praças de seis bairros de diferentes classes sociais do Recife, provocando reações diversas nos moradores e transeuntes. Toda a interação foi gravada em vídeo e áudio, que serão projetados durante a mostra.

A instalação recebeu incentivo do Funcultura e retrata temas atuais do cotidiano dos grandes centros urbanos, como mobilidade, individualismo e segregação social. 

Banda Fim de Feira lança DVD "Bomba Cordão" para streaming em comemoração aos 10 anos de carreira

Foto: Beto Figueiroa
Com direção de Leo Crivellare, o DVD, captado ao vivo na casa de shows Estelita, no Recife, apresenta 13 canções e participações especiais de Clayton Barros (ex-Cordel do Fogo Encantado), Cláudio Rabeca (Quarteto Olinda) e Banda de Pífanos Zé do Estado

Na próxima quarta-feira (30), a banda Fim de Feira disponibiliza as 13 faixas do DVD "Bomba Cordão" para streaming, gravado na casa de shows Estelita, no Recife, no canal do grupo no YouTube, em comemoração aos 10 anos de carreira, que coincide com uma turnê de oito datas pelo interior paulista, com início esta quinta (31).

Show intimista de Diogo Nogueira no Manhattan Café Theatro



Sambista realiza dois dias de shows, sexta (1) e sábado (2) de abril. As apresentações começam a partir das 21h

Cantor, compositor e filho do sambista João Nogueira, o carioca Diogo Nogueira aporta no Recife para uma miniturnê na cidade, quando se apresenta no palco do Manhattan Café Theatro, em duas noites de shows,  sexta (1) e sábado (2) de Abril. As apresentações começam a partir das 21h. A abertura da casa nos dois dias fica a cargo dos Garçons Cantores.

No repertório, canções do seu último trabalho, o CD Mais Amor. Hits como “Pra Valorizar”, “Primeiro Samba”, em homenagem ao pai João Nogueira, e “Quem vai chorar sou Eu”, com participação especial de Zeca Pagodinho fazem parte do álbum. Mas, grandes clássicos do samba, como “Deixa Eu Te Amar”, “Desejo Me Chama”, “Fé Em Deus” e “Tô Fazendo A Minha Parte” integram o setlist das apresentações. “A música Primeiro Samba tem tudo a ver com a história da minha vida. Me identifico muito com a letra. Toda vez que canto fico arrepiado. Ela é uma das que mostram como a família é a base de tudo. Valorizo bastante a minha”, revela o cantor. O CD Mais Amor foi lançado no ano de 2013.

Diogo é um dos cantores mais populares do samba carioca atualmente. Com seis anos de estrada e uma carreira consolidada que o coloca no patamar de um dos mais requisitados artistas da música brasileira, o cantor teve mais de meio milhão de CDs e DVDs vendidos pela EMI e participação em 40 projetos como convidado.  A sua discografia já rendeu ao artista cinco Discos de Ouro e dois DVDs de Platina (“Sou Eu” e “Diogo Nogueira – Ao Vivo em Cuba”), sendo um deles de Platina Duplo (“Sou Eu”). Atualmente, Diogo é um dos protagonistas do “Nívea Viva o Samba”, projeto que promove shows gratuitos em seis capitais do país. Inclusive, o projeto já passou pelo Recife, no parque Dona Lindu.

Além dos shows e gravações, o cantor segue no comando do programa “Samba na Gamboa“ (TV Brasil), onde já entrevistou e cantou com grandes nomes da música, como Jorge Benjor, Zeca Pagodinho, Paulinho da Viola, João Bosco, Beth Carvalho, Jorge Aragão, dentre muitos outros.

Serviço:
Show de Diogo Nogueira
Local: Manhattan Café Theatro
Data: Sexta (1) e Sábado (2)
Hora: A partir das 21h
Ingressos: A partir de R$ 200 (sexta) e (sábado)
Endereço: Rua Francisco da Cunha, 881, em Boa Viagem.
Site: www.manhattancafetheatro.com.br

Informações e reservas de mesas antecipadas: (81) 3325-3327

segunda-feira, 28 de março de 2016

Mostra Sesc Teatro e Circo tem início nesta quarta-feira (30) com ingressos a R$ 20 e R$ 10

Cena de Soledad - a Terra é fogo sob os nossos pés
Foto: Divulgação 
Com programação descentralizada no Recife, a Mostra Sesc Teatro e Circo aporta com variados espetáculos em três palcos da cidade, a partir desta quarta-feira (30). Oito encenações vão ocupar os teatros Arraial Ariano Suassuna, no bairro da Boa Vista, o Marco Camarotti, em Santo Amaro, e o Capiba, localizado em Casa Amarela. Os ingressos possuem preço popular e podem ser adquiridos por R$ 20 (público em geral) e R$ 10 (comerciários e dependentes).
 
A iniciativa é realizada pelas unidades do Sesc Santa Rita, Santo Amaro e Casa Amarela. A ação é alusiva ao Dia Mundial do Teatro e o Nacional do Circo, ambos comemorados no dia 27 de março. A abertura da programação acontece no Teatro Arraial com a peça “Na Beira”, que terá início às 19h. No dia seguinte (31), o espaço recebe o Grupo Bela Idade, que é do Sesc Santa Rita, apresentando um ensaio aberto de “Retratos de uma Lembrança Interrompida”, às 15h.
 
Neste mesmo dia, tem o espetáculo “Amar é crime”. A montagem será encenada, excepcionalmente, na unidade do Sesc Santa Rita, às 20h. O enredo é uma adaptação para o teatro de quatro contos do livro homônimo do escritor pernambucano Marcelino Freire. As quatro cenas mostram situações diversas de opressão e fragmentação de identidade vividas por personagens da base da pirâmide da sociedade. A encenação é de Isabelle Barros e a produção é assinada pela AMARÉ Grupo de Teatro.

Happy Hour com samba e moda sustentável acontece neste sábado (2)

Marília Távora assume a direção do brechó.
Foto: divulgação
Brechó Peguei Abuso celebra novo endereço e nova direção

A banda ‘2i’ e seu repertório com muito samba e música brasileira foi convocada para agitar a reinauguração do Brechó Peguei Abuso, que acontece neste sábado (02), a partir das 15h30, em Santo Amaro. O evento gratuito celebra a mudança da marca – entre as mais queridas no segmento de moda sustentável de Pernambuco – de endereço e também de direção. Após 3 anos, a jornalista e fundadora Manuella Bezerra de Melo, passa o bastão para a fotógrafa Marília Távora, que assume o brechó em uma nova estrutura com um formato ainda mais arrojado.
 
Desde a fundação da marca até hoje, cerca de 5 mil peças usadas foram comercializadas pelo brechó, incluindo os eventos, o brechó permanente e as vendas on line através das redes sociais; uma alternativa para quem quer vestir-se bem e economizar tendo, ainda, uma atitude consciente. 
 
"Não há dúvidas que brechó é, cada vez mais, uma oportunidade de reciclar, de dar espaço a uma moda mais sustentável. Não é mais necessário gastar tanto dinheiro para estar bem vestida”, disse Marília, animada com o segmento. “Muitas peças chegam praticamente novas, tendo sido usadas apenas uma vez. O valor de repasse pode cair até 70% a depender do produto. É uma chance de comprar mas também de dar destino aquelas roupas encostadas no guarda-roupa", finalizou.
 
Entre as peças do acervo de várias convidadas, roupas, sapatos, bolsas, acessórios e cintos. Pra fechar o sábado de brechó Peguei Abuso, samba, chopp artesanal Ekäut e comidinhas veganas da bike food Um Lugar deixam o Happy Hour ainda mais gostoso.
 
Serviço:
Brechó Peguei Abuso
Aceita Débito e Crédito (Visa ou Mastercard)
Rua Alvares de Azevedo, 208, Santo Amaro
(Próximo ao Hospital Oswaldo Cruz)

Fone: (81) 9696 469

Concertos para Juventude começam nesta terça (29)



Fotos: Lú Streithorst / Arquivo PCR
Um público jovem e cheio de energia estará nesta terça  (29), às 10h, no  Teatro Santa Isabel para assistir a  Orquestra Sinfônica do Recife. É a primeira apresentação do projeto Concertos para a Juventude.  Ao logo do ano, sempre na terça-feira que antecede a apresentação da OSR, estudantes de várias escolas agendadas previamente e pessoas que chegarem ao Teatro participarão de  uma aula-concerto e poderão conhecer o trabalho da orquestra e também curiosidades sobre a música clássica mundial. A entrada é franca. O Teatro Santa Isabel é um equipamento cultural da Prefeitura do Recife.

  A proposta do Concertos para Juventude é formar um público que se interesse pela música erudita, bem como, pela valorização do patrimônio histórico da         cidade. Na estréia, os alunos irão conferir uma espécie de ensaio aberto da Orquestra Sinfônica do Recife, que será conduzida pelo maestro Marlos Nobre. No   encontro, o regente irá falar sobre as principais peças que serão executadas no primeiro concerto oficial de 2016 da OSR que acontece no dia 30 de março.       Entre as composições que serão executadas estão, a Abertura-fantasia de “Romeu e Julieta” do compositor russo Tchaikovsky, e a Sinfonia nº 8 em Sol Menor,   do tcheco Dvorak.

 Para participar, as escolas podem fazer o agendamento gratuitamente dos grupos através do telefone: 3355.3323 ou ainda pelo e-mail:   teatrodesantaisabel.educativo@gmail.com. Quem quiser deixar para pegar seu ingresso no dia da aula-concerto, a bilheteria do Teatro de Santa Isabel estará  aberta a partir das 9h, para a distribuição.
 
Serviço:
Concertos para a Juventude
Quando: Terça-feira, dia 29 de março
Horário: 10h
Onde: Teatro Santa Isabel, Praça da República, s/n, bairro de São Antônio, Recife
Entrada fraca – Ingressos disponíveis a partir das 9h, na bilheteria do Teatro.
Informações: 3355-3322 / 3355-3323

terça-feira, 22 de março de 2016

Banda Sinfônica do Recife volta ao Teatro Santa Isabel nesta quarta-feira

Foto: Inaldo Lins
A espera acabou. A partir desta quarta-feira (23), os amantes da boa música têm encontro marcado com o maestro Nenéu Liberalquino e os músicos da Banda Sinfônica da Cidade do Recife. A partir das 20h, o público poderá acompanhar a execução dos acordes de grandes clássicos da música nacional e internacional que ecoarão pelas dependências do Teatro de Santa Isabel, no 1º Concerto Oficial da Temporada 2016. Os ingressos são gratuitos e podem ser retirados na bilheteria do teatro uma hora antes do concerto. O Teatro de Santa Isabel é um equipamento cultural da Prefeitura do Recife.

Para esta apresentação, o maestro Néneu Liberalquino preparou um repertório especial. O concerto abre com a A Festive Overture, de Alfred Reed, seguido do Adagio de T. Albinoni. A terceira peça da noite é um clássico da Música Popular Brasileira: Garota de Ipanema, de Tom Jobim e Vinicius de Moraes. Logo depois, os músicos da BSCR executam Baião de Lacan, de autoria de Guinga e Aldir Blanc.

O concerto da Banda Sinfônica traz ainda alguns tributos a nomes da música internacional. A Tribute to Elvis, com arranho de James Christensen, é um medley composto por vários autores, e que vai relembrar alguns dos grandes sucessos do cantor. Em seguida, outro medley: Benny Goodman: The King Of Swing, com vários autores.

Os aficionados por trilhas de cinema não foram esquecidos no repertório dessa primeira apresentação de 2016. O Tema do Homem Aranha, de Robert Harris e Paul Webster, também integra a programação que será finalizada com a Band Overture, de Roberto di Marino. Lembrando que os ingressos para o 1º Concerto Oficial de 2016 da Banda Sinfônica da Cidade do Recife, podem ser retirados na bilheteria do teatro a partir das 19h.

*Da Assessoria de Imprensa da PCR

Serviço:
1º Concerto Oficial de 2016 da Banda Sinfônica da Cidade do Recife
Quando: quarta-feira, 23 de março
Horário: 20h
Local: Teatro de Santa Isabel, Praça da República, s/n, bairro de Santo Antônio, Recife
Ingressos gratuitos: podem ser retirados a partir das 19h na bilheteria do teatro.
Informações: 3355.3322

sexta-feira, 18 de março de 2016

Do Brasil Imperial às curiosidades arquitetônicas dos templos religiosos, o Olha! Recife traz novos roteiros, neste fim de semana

O Olha! Recife leva você a conhecer as curiosidades por trás das estruturas arquitetônicas da capital pernambucana. Neste fim de semana, o passeio a pé desbrava o Brasil Imperial, contando os caminhos percorridos por Dom Pedro II; o passeio de bicicleta traz o tema Recife Sagrado, percorrendo mais de dez templos religiosos. No sábado, tem passeio de catamarã, mostrando o bairro do Recife por uma perspectiva diferenciada, direto do rio.

O Caminho do Imperador será tratado dentro do Olha! Recife a pé, no domingo (20). Os participantes vão conhecer o trajeto feito por Dom Pedro II em sua visita à Recife, na época do Brasil Imperial (1822-1889). A caminhada vai passar por locais como a Praça Dezessete, Igreja do Divino Espírito Santo, Observatório Astronômico, Teatro Santa Isabel, Palácio da Justiça, Praça da República, e muitos outros. A concentração do grupo será na Praça do Arsenal, no Recife Antigo, com saída às 9h.

terça-feira, 15 de março de 2016

Medonho: Uma maratona de filmes de terror no Recife

Filme A Noite dos Arrepios (Night of the Creeps)
O Toca o Terror realiza no dia 19 de março a segunda edição do MEDONHO - Mostra Especial de Cinema de Horror em Pernambuco, com uma programação de 10 horas de filmes no Cine Majestick no bairro da Boa Vista, no Recife. Com ingressos a R$ 10,00, o público que aprecia o gênero vai ter a chance de ver novidades da produção nacional e diversos clássicos do cinema internacional.

A proposta do MEDONHO é a de resgatar o espírito das sessões grindhouse com várias sessões de filmes, algo que era bem comum nos anos 70, em pequenas salas de cinema onde os espectadores assistiam exibições duplas, triplas ou "all night" de filmes repletos de sexo, violência, horror e bizarrices.

O evento é organizado pela equipe do Toca o Terror, que também coordena um cineclube mensal no MAMAM e mantém um site e podcast comentando sobre publicações, filmes, seriados e HQs divulgando a produção nacional e internacional do gênero. Com mais de 80 programas gravados sobre diversos temas (vampiros, zumbis, raridades e monstros), a equipe do Toca o Terror é formada por Queops Negronski, Geraldo de Fraga, Jota Bosco, Jarmeson de Lima, Osvaldo Neto e Júlio César Carvalho. 

Programação - MEDONHO começa às 22h com a primeira exibição no Nordeste do filme "Condado Macabro", de Marcos DeBrito e André de Campos Mello. O longa, que faz uma homenagem aos slashers, teve sua première em São Paulo no 10º Festival de Cinema Latino Americano no ano passado e foi um dos poucos lançamentos nacionais do gênero horror a conseguir uma distribuição no circuito comercial brasileiro.

Ao longo da madrugada, títulos já consagrados no cinema de horror mundial ganham a tela do Cine Majestick, a exemplo de "A Noite dos Arrepios", de Fred Dekker; "A Casa dos Maus Espíritos", de William Castle e "Banho de Sangue", de Mario Bava. A maratona se encerra com a produção mexicana de 1968, "Aranhas Infernais", de Federico Curiel, que contou com a participação do luchador Blue Demon em um dos papeis principais. 

A programação do MEDONHO também reserva a projeção de curtas-metragens nacionais entre os longas da noite tais como "Domingos", de Jota Bosco; "Tirarei as Medidas do seu Caixão", de Diego Camelo; "O Presente de Camila", de Ivo Costa e "Bom Dia, Carlos", de Gurcius Gewdner. Alguns dos curtas são inéditos na cidade e vieram através de convocatória lançada pelo Toca o Terror em seu site www.tocaoterror.com

SpokFrevo Orquestra faz show de lançamento do álbum Frevo Sanfonado no Recife com patrocínio da Petrobras



Frevo Sanfonado, terceiro disco do grupo liderado pelo saxofonista, arranjador e diretor musical Inaldo Cavalcante de Albuquerque, conhecido popularmente como maestro Spok, transporta o som da orquestra de metais (saxofones, trompetes e trombones), percussão, baixo e violão para outro lugar totalmente inédito: o diálogo harmônico e melódico com o acordeão, a sanfona ou a gaita-ponto — instrumentos de fole com nomes distintos mas mesma natureza e extremamente populares no Brasil, sobretudo no Nordeste.

Fruto de contribuições, em sua maioria, de sanfoneiros e acordeonistas que compuseram frevos inspirados pelo trabalho da SpokFrevo, o álbum Frevo Sanfonado imprime uma nova coloratura na verve jazzística do grupo. Em 11 anos de carreira, desde o álbum de estreia Passo de Anjo, a big band de jazz-frevo vem recriando o gênero em profundo contato com a música instrumental contemporânea, estabelecendo um elo entre o passado e o futuro.     

O disco confere uma nova roupagem à sonoridade da SpokFrevo e ao frevo ao utilizar um instrumento profundamente nordestino e fortemente pernambucano, que é a sanfona. Nele, os sanfoneiros e acordeonistas executam frevos compostos por eles mesmos”, explica o maestro Spok, pesquisador nato do frevo e entusiasta da preservação da cultura pernambucana em conexão com a contemporaneidade, porém sem abandonar o espírito da música em suas mais remotas origens.

Prova disso é que Frevo Sanfonado confere uma linguagem nova para o frevo a partir da sanfona, atrelada a arranjos dos próprios compositores, base sobre a qual a harmonia dos metais da SpokFrevo se sobrepõe. Cada sanfoneiro atua também como solista, casando improvisações jazzísticas junto com os instrumentistas da orquestra. “Muitos sanfoneiros, a exemplo de Dominguinhos, Sivuca e muitos outros, já improvisavam há muito tempo. Trata-se de um disco de frevo executado e improvisado por instrumentos, entre eles a sanfona, um elemento novo para o frevo”, justifica Spok.

E o disco se notabiliza por colaborações brilhantes e promissoras, oriundas de diferentes gerações e regiões do Brasil. O pianista, acordeonista, compositor e arranjador carioca Vitor Gonçalves, que atualmente mora em Nova York e já tocou com Hermeto Pascoal e Maria Bethânia, compôs “De Cazadeiro ao Recife”, um frevo de arranjo sinfônico e suave que se encorpa à medida que ganha movimentos e modulações. O acordeonista gaúcho Renato Borghetti, um dos proeminentes compositores da música instrumental brasileira, e também folclorista e artista plástico, participa como solista e compositor na faixa “Frevaricação”.

Talentos pernambucanos e nordestinos marcam participação maciça em Frevo Sanfonado. Saudoso sanfoneiro pernambucano, o mestre Camarão, falecido em abril deste ano, figura com uma contribuição póstuma, na música “Sandro no Frevo”. Em função de seu falecimento dias antes da produção desse frevo inédito, o carioca Rafael Meninão, atual sanfoneiro de Elba Ramalho, e o potiguar Lulinha Alencar substituem-no, de forma virtuosa, na tarefa de solistas.       
Sax Sanfona”, com o experiente sanfoneiro Gennaro que participa em solo junto com Spok; “Saudade do Seu Domingo”, um frevo em diálogo sugestivo com o baião e o xote, composto por Beto Hortis; e “Frevo Pra Ela”, do jovem cearense Nonato Lima, que tocou com Liv Moraes, filha de Dominguinhos, fecham algumas faixas do disco, feito quase inteiramente de frevos novos. Uma das exceções é o frevo clássico “Gostosão”, do maestro Nelson Ferreira (1902-1976), considerado pelo maestro Vicenti Fittipaldi um dos melhores frevos de rua pernambucanos ao lado de “Evocação”. A composição de Nelson Ferreira ganhou arranjos de Spok e solo de Waldonys, famoso sanfoneiro e piloto de avião cearense, e de Niraldo, trompetista da SpokFrevo Orquestra.  

Turnê – O show do Frevo Sanfonado já esteve em cinco apresentações no estado de São Paulo, além de passar por cidades como Maringá (PR), Porto Alegre (RS), Barbacena (MG) e Belo Horizonte (MG). Após as duas noites que serão realizadas no Teatro Luiz Mendonça, no Recife, a big band chegará ainda este ano a Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Aracaju (SE), Salvador (BA), Rio de Janeiro (RJ) e João Pessoa (PB).

SERVIÇO
Show de lançamento do álbum Frevo Sanfonado
18 e 19 de março, às 21h e 20h, respectivamente
Teatro Luiz Mendonça (Parque Dona Lindu, Boa Viagem)
R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)
Informações: (81) 3355.9821