quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Café Castro Alves recebe o Diário Quase Ridículo de Aurora

Foto: divulgação
A Companhia de Teatro Omoiós segue com a temporada itinerante da performance teatral “O Diário quase ridículo de Aurora”, nesta sexta-feira, dia 02, às 20hs, no Café Castro Alves, na Rua do Lima. Com texto e direção de Manoel Constantino, interpretação dos atores Rose Quirino e Leonardo Bouças, trilha sonora de Lígia Vieira, fotografia de Roberto Perez e maquiagem de Jô Ribeiro, o projeto objetiva aproximar o público numa relação mais aberta, no formato café-teatro.

O texto, prosa poética adaptada para uma linguagem mais teatral, trata da trajetória de uma mulher que, narra através das páginas de um diário, suas buscas, encontros e desencontros, numa eterna tentativa de ser feliz. Numa linguagem confessional, a personagem Aurora se coloca despojada diante das circunstâncias de sua vida, mas aposta que vale a pena todas as suas buscas, desde que não perca sua identidade e sua liberdade de poder amar e ser amada com todas as letras do alfabeto.

Serviço:
Espetáculo "O Diário Quase Ridículo de Aurora"
Café Castro Alves - Rua do Lima, 280 - Santo amaro
02, 09 e 16 de outubro
20h
Preço: Contribuição espontânea

Filmes premiados de Kleber Mendonça Filho exibidos gratuitamente na Casa do Patrimônio de Olinda, em outubro

Foto: Danilo Galvão
O Cine É Proibido Cochilar dará início a uma nova rodada de exibição de filmes, na Casa do Patrimônio de Olinda, a partir de amanhã (01/10), às 19h. O novo ciclo temático terá na programação alguns filmes produzidos pelo cineasta pernambucano Kleber Mendonça Filho.

Os destaques serão exibidos gratuitamente em 2 sessões durante o mês de outubro. Na próxima quinta, o público terá a oportunidade de assistir na primeira sessão, os premiados “Eletodoméstica” (2005), “Noite de sexta, manhã de sábado” (2007) e “Recife Frio” (2009).

Na segunda e última sessão, que acontecerá dia (15/10) será exibido a principal atração da programação, “O Som ao Redor” (2012), longa que arrebatou vários prêmios nacionais e internacionais importantes. O filme ficou conhecido principalmente por ser a escolha brasileira do Ministério da Cultura para tentar uma vaga na lista de indicados ao Oscar de melhor filme estrangeiro, em 2014.

Nascido no Recife e formado em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, Kleber Mendonça Filho é diretor, produtor, roteirista e crítico de cinema. Seus filmes receberam mais de 120 prêmios no Brasil e no exterior. Kleber também tem um trabalho abrangente como responsável pelo setor de cinema da Fundação Joaquim Nabuco, sendo também diretor artístico do Janela Internacional de Cinema do Recife.

As sessões do Cine na Casa são resultado da parceria da Rede de Educação Patrimonial da Casa do Patrimônio de Olinda – ligada ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan -PE) com o Cine É Proibido Cochilar, iniciativa da Representação Regional Nordeste do Ministério da Cultura (RRNE/MinC).

IRB lança O Oitocentos Brasileiro na Coleção Ricardo Brennand

Foto: divulgação
A obra é uma coletânea dos pintores e gravuristas que retrataram as paisagens 
recifenses no século 19

Para celebrar seu 13° aniversário, o Instituto Ricardo Brennand lança nesta quarta-feira (30) o livro O Oitocentos Brasileiro na Coleção Ricardo Brennand. Com assinatura de José Roberto Teixeira Leite e organização editorial do historiador Leonardo Dantas Silva, o catálogo será lançado às 19h, no foyer da instituição. Às 18h, no auditório do museu,Teixeira Leite e Dantas abrem o evento com palestra, onde irão conversar sobre o processo de produção da obra.
 
Com 420 imagens distribuídas em 288 páginas, o livro reúne todos os artistas do século 19 que retrataram as paisagens de Recife, sendo 42 pintores e 154 gravadores, que estão expostos na instituição. Uma coletânea garimpada ao longo de doze anos por Ricardo Brennand em busca de obras para o centro cultural.
 
Após cinco anos para ser finalizado, coube ao historiador e crítico de arte José Roberto Teixeira Leite escrever sobre a importância de cada uma das obras então adquiridas pelo colecionador e que agora aparece reunido no catálogo, como Emil Bauch, Luís Schlappriz e Luís Adam Cornell Krauss, entre outros.

Fred 04 e Sondre Lerche fazem apresentação especial no Recife

Sondre Lerche / Foto: divulgação
 Shows acontecem como Drops do festival No Ar Coquetel Molotov no dia 10 de outubro na Rouge Creperia
No dia 10 de outubro, o festival No Ar Coquetel Molotov realiza um drops especial de sua programação com o show do cantor norueguês Sondre Lerche, uma das atrações do Popload Festival deste ano. Abrindo o show do norueguês, Fred 04, da Mundo Livre S/A, executa repertório inédito de seu projeto solo Sonofabit. As apresentações ocorrem na Rouge Creperia em Casa Forte às 20h e os ingressos custam R$ 20 na hora.
Sondre - foi um nome forte da cena indie escandinava quando os Strokes oxigenaram o novo rock, no começo dos 2000. Nesta primeira turnê pelo Brasil, o nórdico apresenta as músicas de seu mais recente disco, “Please”, lançado em 2014.
Nascido e criado em Bergen, Noruega, Sondre Lerche começou a cantar e tocar desde cedo por artistas que ele ouvia como Elvis Costello e A-ha. Antes de seu aniversário de 16 anos Lerche assinou contrato com a Virgin/EMI, mas só lançou seu primeiro disco em 2001 quando completou a maioridade

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Mani Carneiro lança disco solo e turnê nacional na 25ª edição do Sonido Projeto

Foto: Divulgação
Músico pernambucano radicado no Rio de Janeiro apresenta o novo álbum Ecoou com influências do pop brasileiro e de várias etnias do mundo

A 25ª edição do Sonido Projeto recebe Mani Carneiro com lançamento do primeiro disco solo e turnê nacional. O show do músico acontece na próxima quarta-feira (30) no palco da Rouge, em Casa Forte, às 21h. Ele promete tocar e encantar o público com todas as músicas do álbum “Ecoou”. Mani se destaca pela originalidade de sua obra e interpretações, além de ser autor de centenas de canções. A entrada custa R$ 15.

De acordo com o artista o disco “Ecoou” foi idealizado para mostrar o compositor que há dentro dele de forma pura e criativa. “Escolhi o nome Ecoou porque remetia expansão. Além da sonoridade do nome, soava pertinente ao lançamento de um novo compositor. Quando comecei esse projeto anos atrás, não imaginava o que estava para acontecer, era um repertório parecido, um violão, alguns bares e um jovem compositor brasileiro cheio de sonhos e referências musicais, literárias e visuais”, explica.

Influenciado pelo pop brasileiro de várias etnias do mundo, seu novo trabalho são de canções que dialogam com a sonoridade do violão e arranjos musicais de acordeom, pandeiro, baixo e guitarra. A voz e violão de Mani Carneiro é inspirado nas performances de músicos como "Keziah Jones" (cantor e guitarrista nigeriano). Pernambucano, radicado no Rio de Janeiro, ele já passou por diversas bandas, projetos musicais no Brasil, Argentina, França e Congo na África. Ele também dividiu palco com Chico César, Lenine, Alceu Valença, Totonho, Cátia de França, entre outros.

SONIDO PROJETO - O Sonido é um projeto consolidado na cena da música independente e autoral que acontece todas as quartas-feiras na Rouge (Praça de Casa Forte, 570, Recife), com a curadoria do produtor Leo Antunes, que apresenta sempre um especial setlist antes e depois do show.

Serviço:
Sonido Projeto, com Mani Carneiro.
Quarta-feira, 30 de setembro
21h
Rouge - Praça de Casa Forte, 570
Ingressos: R$ 15
Informações: 3040.2552 |99108.7214

O Moderno Cinema Argentino em evidência no Cineclube Amoeda Digital

Verónica (María Onneto)
O cinema latino americano em diálogo no Cineclube Amoeda Digital. Próxima quarta (30) será exibido o longa-metragem argentino A mulher sem cabeça (2008), de Lucrecia Martel. A curadoria da sessão ficou sob a responsabilidade da realizadora pernambucana Mykaela Plotkin, convidada para o bate papo da noite.

Mykaela acaba de voltar do I Encontro Iberoamericano de Desenvolvimento de Ideias, na Bolívia, com o roteiro de Senhoritas, seu primeiro longa-metragem ficcional. Antes do filme argentino, o público irá conferir o curta-metragem pernambucano Do Morro? (2010), dirigido e roteirizado por Mykaela e Rafael Montenegro.

A proposta para a sessão é que o público possa conhecer e conversar sobre o ousado cinema argentino contemporâneo, a partir de uma narrativa estética desafiadora, como a desenvolvida em A mulher sem cabeça. O filme traz Verônica, uma mulher de meia idade que atropela algo em uma estrada. Os dias passam e ela se deixa levar de maneira distante e estrangeira às pessoas que a cercam. Até que uma noite Verônica revela ao seu marido que matou alguém. Uma mistura de realismo fantástico e os dilemas de um cotidiano atormentado.

A mulher sem cabeça - Verónica é uma dentista de classe média-alta, com boa vida familiar e afetiva. Um dia, enquanto dirige, ela se descuida e o carro acaba passando por cima de algo. Seria uma pessoa? Um animal? Apenas um objeto? Sem coragem de voltar ao local e descobrir o que realmente aconteceu, Verónica vê sua vida se destruir dia a dia, oprimida pela culpa de talvez ter assassinado alguém. 

Serviço:
Cineclube Amoeda Digital exibe “A Mulher Sem Cabeça” e “Do Morro?”
Convidada: Mykaela Plotkin
Quarta-feira, 30 de setembro
19h30
Bar Teatro Mamulengo - Praça do Arsenal, s/n – Bairro do Recife
Gratuito
Classificação indicativa: 16 anos
Fanpage: http://www.facebook.com/pages/Cineclube-Amoeda-Digital

Discotecagem abre a temporada de prévias do Coquetel Molotov

No mês em que ocorre o festival No Ar Coquetel Molotov, as sextas do Barchef em Casa Forte virão com muitas festas com a participação de vários convidados comandado o som em seu Pub. Quem dá o pontapé inicial na programação é a festa "Incendiária" nesta sexta (02) com a participação dos DJs GGabriel, Bruno Nogueira e Vinicius Lezo. A animação na pista do Pub Barchef começa às 22h com entrada gratuita.
No sábado (03), o Barchef recebe em seu agitado espaço mais uma edição da festa "Danger", com bastante groove com a junção dos DJs das festas Gold Teeth e Agito Pesado mandando ver pedradas dos anos 60 e 70. O Pub do Barchef tem atraído um público cada vez mais eclético aos finais de semana com sua programação diversificada e garantia de diversão e bons drinks ao longo da noite.
Prévias - O festival No Ar Coquetel Molotov acontece no dia 31 de outubro na Coudelaria Souza Leão com uma programação de mais de 12h de shows. Em sua programação de festas no Pub do Barchef estão previstas ainda as festas "Covil" (09/10), Adriano Cintra + Aslan Cabral (16/10), "Encontro dos Monstros" (23/10) e Lucio Ribeiro e convidados (30/10).

Tem Terça Negra no Pátio de São Pedro

Três bandas apresentam-se nesta terça, 29, a partir das 20h.

O Pátio de São Pedro, no Recife, será palco nesta terça-feira, dia 29 de setembro, de mais uma edição do projeto Terça Negra. A partir das 20h, o público vai poder conferir os shows das bandas Palafita, Estado Civil e Etnia . A realização é da Prefeitura do Recife, através da Secretaria de Cultura e Fundação de Cultura Cidade do Recife, e promoção do Movimento Negro Unificado.

A Terça Negra foi criada com o objetivo de resguardar a cultura negra. Iniciativa que acontece mensalmente, ela auxilia no despertar do sentimento de resgate das raízes afro, além de revelar novos grupos para a cena musical local. Ela conta com o apoio do Núcleo da Cultura Afro, localizado no Pátio de São Pedro, e é aberta ao público.

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Feira de Livros Eu Amo Ler oferece 400 títulos

A Feira de Livros Eu Amo Ler está de volta ao Shopping Tacaruna, em Olinda. Estão disponíveis mais de 400 títulos de diversos autores, vários gêneros e para todas as idades, totalizando três mil livros disponíveis aos leitores. O estande está situado na parte térrea do centro de compras - na praça de eventos - e funciona no horário do estabelecimento, das 9h até 22h, onde permanece até o dia 20 de outubro.

Com preços abaixo do mercado e títulos de 13 editoras, os livros custam entre R$ 5 a R$ 60 para crianças, e valor único de R$10 para adultos. Entres os mais procurados estão os de pintura, que contam com mais de 25 opções de livros. A Feira ainda conta com outros dois pontos fixos localizados nos shoppings Recife – em parceira com a Vila 7 – e Plaza.

Serviço:
Feira de Livros Eu Amo Ler
Praça de Eventos Shopping Tacaruna
Até 20 de outubro
9h às 22h

Inscrições para apresentação artística no Carnaval 2016 do Recife vão até o dia 2 de outubro

Convocatória pode ser acessada na página da Secretaria de Cultura do Recife

Interessados em participar da grade oficial da programação do Carnaval 2016 do Recife devem se apressar. É que termina no dia 2 de outubro o prazo de inscrições para participar da Convocatória de Contratação para o Carnaval 2016. Produtores, artistas, agremiações carnavalescas e grupos musicais podem se inscrever pela internet através do site www.culturarecife.com.br. Pessoas com deficiência que desejem participar têm a opção de fazer a inscrição presencialmente na Central de Atendimento montada no estacionamento da PCR, na Av. Cais do Apolo, 925, Bairro do Recife, no horário das 9h às 12h e das 13h às 17h. A convocatória e o material necessário para a inscrição podem ser acessados na página da Secult.

Este ano algumas medidas foram tomadas visando facilitar a contratação.A PCR está incentivando que os proponentes tirem opcionalmente o Certificado de Habilitação de Firmas, expedido pela Divisão de Credenciamento de Fornecedores da Secretaria de Administração. Esse documento substitui uma série de outros como: Prova de Inscrição do CNPJ, Cópia autenticada do Registro Comercial, Ato Constitutivo, Contrato Social ou Estatuto Social, bem como suas alterações e cópia autenticada do comprovante de conta corrente e Certidões Negativas. O CHF poderá ser obtido na página do Portal de Compras da Prefeitura do Recife.

Já para acelerar o processo de prestação de contas, os artistas que se apresentarem nos pólos oficiais não precisarão mais comprovar com vídeo e fotos sua participação no Ciclo Carnavalesco. Até este ano, para completar o pagamento é exigida essa comprovação. “A partir do Carnaval 2016, quem vai registrar esse material em vídeo e foto será a equipe da PCR. Alguns artistas, principalmente os da Cultura Popular, tinham dificuldades para fazer isso”, explica o presidente da Fundação de Cultura Cidade do Recife, Diego Rocha.

Os artistas contam ainda com o apoio do Núcleo de Cultura Cidadã que fica na Casa 39, do Pátio de São Pedro, centro do Recife, para esclarecer as dúvidas e obter orientações.

Convocatória – Os interessados em compor a grade de programação do Ciclo Carnavalesco 2016 do Recife, que será realizado de 14 de janeiro a 14 de fevereiro, terão que passar pelo procedimento de Análise Jurídica (checagem de toda a documentação solicitada) e de Análise Artística. Importante lembrar que mesmo sendo habilitado, depois de passar pelas duas etapas, não significa que foi incluso na programação, pois vai depender da programação a ser elaborada pela SECULT, FCCR e SETUR-L. A lista com todos os habilitados será divulgada no Diário Oficial do Recife até o final de outubro.

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Márcio Oliveira apresenta primeiro disco solo no Sonido Projeto

 
Músico conhecido na cena musical pernambucana apresenta o álbum “Encabeçando” com referências do sopro, afrobeat e música regional

Sonido Projeto recebe Márcio Oliveira na Rouge, em Casa Forte, nesta quarta-feira (23). O trompetista é um dos instrumentistas mais requisitados de Olinda e Recife, conhecido por tocar em diversas bandas e estar envolvido em mil projetos musicais. Além da carreira solo, ele toca com a banda Abeokuta de afrobeat, banda Dessinée e reggae na N´Zambi. O show vai contar com participações especiais de Samuel Negão e Willy Peixe a partir das 21h. A entrada é R$15. 
 
Influenciado pelo frevo e a musicalidade pernambucana, Marcio é um pesquisador declarado da música afrobrasileira. "Encabeçando” (2015), o primeiro disco solo do músico, contou com a direção e produção musical de Cláudio Negrão e Marco Axé. O álbum reúne instrumentistas de expressão como os percussionistas Toca Ogan e Willy Peixe (Orquestra do Sucesso); o baterista Nino Silva (Orquestra do Sucesso), o tecladista Bactéria (Mundo Livre S/A) e participações especiais de Isaar, André Sampaio, Zé Brown, Zé Cafofinho, Gilú Amaral e Cláudio Rabeca. O trompete se destaca nas 12 faixas do disco que tem como referências o afrobeat, clássicos do sopro, jazz, groove e coco pernambucano. Um misto de estilos musicais diferenciado na cena instrumental do País.
 
A banda é formada por Nino Silva (bateria), Cláudio Negrão (baixo), Leo Guita (guitarra), Diego Drão (teclado) e Parrô (sax). Para o Sonido, o Márcio Oliveira promete apresentar as músicas do novo disco e um repertório recheado de inspirações. O músico bebe da fonte de Miles Davis, Chet Baker, Fela Kuti e Winton Marsalis. Antes e depois do show, o curador e produtor Leo Antunes apresenta um setlist especializado no universo do artista. Para quem curte uma boa música, esta é uma boa oportunidade.

Serviço:
Sonido Projeto, com Márcio Oliveira.
Quarta-feira, 23 de setembro
 21h
Rouge - Praça de Casa Forte, 570 - Casa Forte
Ingressos: R$ 15,00
Informações: 81 3040 2552 / 81 99108 7214
Músicas do artista: soundcloud.com/marciooliveiratpt

SONIDO PROJETO- Sob a curadoria do produtor, Leo Antunes, o projeto é um ponto de encontro permanente para musica autoral e independente que acontece todas as quartas-feiras na Rouge, em Casa Forte.

Doutores da Alegria comemoram 12 anos no Recife com passeio ciclístico

Foto: Luciana Serra
  2º Boboclismo, que será realizado no dia 27, marca ainda o Dia Estadual dos Doutores da Alegria 
A missão dos Doutores da Alegria é promover a qualidade das relações humanas em benefício da saúde, não só dentro dos hospitais atendidos pela ONG, mas em toda a sociedade. Por isso mesmo, os palhaços tomaram uma decisão séria: o “Bobociclismo” vai virar tradição. O passeio ciclístico, capitaneado pelos besteirologistas, será realizado pelo segundo ano consecutivo em comemoração ao aniversário da ONG no Recife – são 12 anos de atuação na capital pernambucana - e ao Dia Estadual dos Doutores da Alegria, instituído pela Assembleia Legislativa de Pernambuco desde 2013. Este ano, o Boboclismo, aberto a todos que queiram participar, está marcado para o dia 27 de setembro. A concentração do passeio será às 8h30, no Parque da Jaqueira, Zona Norte do Recife.

Os Doutores da Alegria ultrapassaram as fronteiras dos hospitais. Queremos compartilhar nossas experiências, que envolvem saúde, alegria e humanização. Um passeio ciclístico tem tudo a ver com o que defendemos”, explica Arilson Lopes, ator e palhaço, coordenador artístico da unidade dos Doutores da Alegria no Recife, conhecido nos hospitais como Dr.Ado.

Depois de uma rápida sessão de “alongamento de palhaços”, os palhaços ciclistas saem em comitiva às 9h30 tendo como destino o Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José. São 7 km de passeio.Os bobociclistas vão passar pela Rua do Futuro, Rua Alberto Paiva, Avenida Rui Barbosa, Avenida Agamenon Magalhães, Rua João Fernandes Vieira, Avenida Oliveira Lima, Rua do Riachuelo, Rua da Aurora, Ponte Princesa Isabel, Rua do Sol, Rua Floriano Peixoto, Rua do Peixoto, Rua Vidal de Negreiros e, finalmente, Forte das Cinco Pontas. “Todos podem participar! É só pegar a bicicleta, usar os equipamentos de segurança, protetor solar e trazer muita alegria para a nossa festa sob duas rodas”, convida o ator e palhaço Luciano Pontes (Dr.LuI).

No Museu do Forte das Cinco Pontas, os palhaços serão recebidos pelo produtor cultural Roger de Renor e sua “Rural no Forte”, uma caminhonete Rural Willys, colorida e iluminada, estacionada ao lado do museu. Dr. Marmelo (Marcelo de Oliveira) e Dr. Eu Zébio (Fábio Caio), inclusive, já preparam uma versão mini da Rural: o “Som da Ruralzinha”. Mas a música mesmo ficará sob a responsabilidade não só de Roger de Renor, mas da DJ, Dra. Baju (Juliana de Almeida), que promete um setlist eclético com direito até a música “Parabéns pra você”, em comemoração aos 12 anos de Doutores da Alegria no Recife.
Serviço:
2º Bobociclismo - Passeio ciclístico dos Doutores da Alegria
Domingo, 27 de setembro
Concentração às 8h30 e saída às 9h30
Saída do Parque da Jaqueira / Chegada – Forte das Cinco Pontas
Gratuito
Informações: (81) 3466-2373

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Mostra Autoral Brasileiríssimos reúne a nova cena musical do Recife


Sagaranna será uma das atrações do evento
Foto: Divulgação

Neste final de semana umas das boas opções de diversão no Recife é curtir a programação da Mostra Autorial Brasileiríssimos, que acontece no Estelita, nobairro do Cabanga. Ao todo, serão oito shows divididos em dois dias de apresentações: 18 e 20 de setembro. O line-up inclui Igor de Carvalho, Juvenil Silva, Projeto Sal, Joana, Flor de Maria, Bandavoou, Juliano Holanda, Zé Manoel e Sagaranna. Os ingressos já estão à venda por R$15 para um dia e R$25 para os dois dias do evento.

O projeto Brasileiríssimos surgiu no Recife, em 2012, logo se destacou pela grande audiência no Facebook e vem se tornando um promotor da cena cultural independente brasileira. Em 2015, surgiu o evento intitulado “Mostra Autoral” que tem a intenção de impulsionar a cena musical e dar espaço para que os artistas tenham uma boa visibilidade nacional.  As primeiras edições foram realizadas em Natal e São Paulo, ambas com ótima receptividade e participação do público.

Confira a programação:
Sexta, 18 de setembro – 22h
Igor de Carvalho
JuveNil Silva
Projeto Sal
Joana, Flor de Maria

Domingo, 20 de setembro – 17h
bandavoou
Juliano Holanda
Zé Manoel
Sagaranna

Serviço:
Mostra Autoral Brasileirssimos
Sexta (18/9) – 22h
Domingo (20/9) – 17h
Estelita – Avenida Saturnino de Brito, 385 – Cabanga
Ingressos: R$15 (individual) R$25 (dois dias)
À venda no site www.sympla.com.br
Informações: 3127.4143  

terça-feira, 15 de setembro de 2015

MPB Unicap faz tributo à Jovem Guarda

Foto: Paulo Maia
Grupo musical comemora os 50 anos do movimento musical da década de 60

Nesta quinta (17), às 20h, o grupo MPB Unicap estreia seu novo show no Teatro Luiz Mendonça (Parque Dona Lindu). O espetáculo é o 50 Anos de Jovem Guarda. A entrada é gratuita. Ingressos antecipados podem ser adquiridos na Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) na Assessoria de Cultura (sala 117 do bloco R), ou na Coordenação de Ação Comunitária – CAC (em frente à praça de alimentação do bloco A). No dia da apresentação a bilheteria do teatro abre às 16h, também para a distribuição de ingressos.

50 Anos de Jovem Guarda é um espetáculo didático, que conta a história do programa televisivo que marcou época, ganhando status de movimento entre os jovens da década de 1960. Sucessos de Roberto Carlos, Erasmo, Wanderléa e muitos outros nomes compõem o repertório.Festa de Arromba, Garota Papo Firme, Pare o Casamento e O Bom são algumas das canções que fazem parte do setlist.

A banda – O grupo MPB Unicap tem 32 anos de existência e é formado por alunos, ex-alunos e funcionários da Universidade Católica. O intuito do grupo é contar a história da Música Popular Brasileira através de apresentações artísticas. Todos os anos a banda apresenta um show temático diferente, com estreia sempre no Teatro Luiz Mendonça. Atualmente, o MPB conta com 11 integrantes: Alexandre D'Lamare (saxofone), Carlos Lima (bateria), Emmanuelle Viana (voz), Jéssica Aragão (voz), João Paulo Bastos (contrabaixo), Maiara Lima (voz), Mariana Maia (voz), Natércia Dantas (voz), Newton Cabral (voz), Percy Marques (direção, violão e guitarra) e Surama Reis (voz). Para o espetáculo 50 Anos de Jovem Guarda a banda conta com a participação do tecladista Danilo Mariano, como músico convidado.

Serviço:
Show 50 Anos de Jovem Guarda
Teatro Luiz Mendonça – Parque Dona Lindu (Av. Boa Viagem, s/n)
Quinta-feira, 17 de setembro
20h
Gratuito (ingressos disponíveis na bilheteria do teatro a partir das 16h)
Informações: (81) 2119 4186

Últimos dias de inscrições para o II Animacine

Festival de Animação do Agreste acontece entre 27 e 31 de outubro
Os diretores interessados em se inscrever no II Animacine - que acontece entre os dias 27 e 31 de outubro nas cidades de Gravatá, Bezerros e Caruaru - devem se apressar. Restam somente 10 dias para efetivar a participação na segunda edição do Festival de animação do Agreste. Liderado e produzido pelo cineasta e mestre da cultura popular Lula Gonzaga - à frente do Ponto de Cultura de Cinema de Animação -, o evento promete repetir o sucesso da última edição (2013) com mostra competitiva e exibições paralelas de filmes nacionais, além de oficinas. E o melhor: totalmente gratuito. O prazo encerra no próximo dia 25 de setembro. Até lá, ainda é possível submeter suas produções exclusivamente através www.animacine.com.br. Podem participar filmes nacionais e internacionais, de qualquer técnica, finalizados a partir de 2013.

A mostra competitiva será dividia em três categorias. A Mostra Competitva Jota Borges agregará filmes e vídeos de realizadores e produtores profissionais ou estudantes. A Mostra de Formação Lula Gonzaga reunirá filmes e vídeos realizados em oficinas e cursos de animação, com realização coletiva ou individual, que tenham como objetivo o aprendizado e o primeiro contato com as técnicas de animação dos realizadores. E, por último, a Mostra Itinerante Vitalino será formada por filmes e vídeos convidados pela curadoria do festival para compor a produção brasileira.

Ao todo, haverá oito categorias: Melhor Curta, Melhor Curta Formação, Melhor Curta Escolha do Público, Melhor Roteiro, Melhor Concepção Sonora, Melhor Direção de Arte, Melhor Curta Infantil e Melhor Técnica de Animação. A premiação será definida por um júri oficial, composto por três integrantes convidados pela organização. Todos os filmes premiados receberão certificado e troféu. Melhor Curta, Melhor Curta Formação e Melhor Curta Escolha do Público também receberão prêmio em dinheiro, nos valores de R$ 2 mil, R$ 1 mil e R$ 1 mil, respectivamente.

Temporada da comédia Obsessão termina neste fim de semana

Foto: divulgação
Com direção do carioca Henrique Tavares, a produção traz grande elenco de atores pernambucanos
A amizade e rivalidade de toda uma vida entre duas mulheres é o ponto de partida do espetáculo "Obsessão", que encerra sua temporada no Teatro Eva Herz (Livraria Cultura do RioMar shopping), neste fim de semana, 19 e 20 de semtembro. A comédia é uma versão pernambucana do espetáculo de grande sucesso que estreou em 2012, no Rio de Janeiro. Com dramaturgia de Carla Faour, indicada ao Prêmio Shell 2012 de Melhor Autor pelo trabalho, a montagem é uma iniciativa de um grupo de premiados atores de uma mesma geração do teatro pernambucano.

O texto de Carla Faour investiga, com muito humor, o universo feminino e amoroso através da obsessiva relação de disputa entre as ex-confidentes Lívia (Nilza Lisboa) e Marina (Simone Figueiredo). “Grande parte da ação se passa em Lisboa. A cidade simboliza a ligação mais forte com nossos antepassados, laços afetivos e consanguíneos. Embora Lívia e Marina não tenham nenhuma relação de parentesco, são tão próximas como duas irmãs, rivais como inimigas de guerra e estão conectadas, desde todo o sempre, inexplicavelmente, pelo destino”, explica Carla Faour. “Obsessão é um daqueles espetáculos difíceis de classificar, quando o riso e a emoção embaralham os sentimentos”, complementa.

"A experiência de dirigir Obsessão tem sido uma forma de me deixar influenciar pelas coisas do Recife, que considero uma das cidades culturalmente mais interessantes do Brasil", afirma o diretor do espetáculo, Henrique Tavares – indicado ao Prêmio Shell 2012 de Melhor Diretor pela versão carioca da peça. Além de Simone Figueiredo, Nilza Lisboa e Silvio Pinto, o elenco pernambucano é formado também por Diógenes D. Lima e Tarcísio Vieira. A direção de arte é assinada por Célio Pontes e a assistência de direção fica a cargo de Henrique Celibi.

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Abertas inscrições para Conferência Municipal de Cultura

Interessados precisam estar inscritos no Cadastro Municipal de Cultura

A partir desta segunda (14), produtores, artistas e consumidores do Cadastro Cultural do Recife podem se inscrever, na Conferência Municipal de Cultura.
Os interessados devem se cadastrar ou revalidar o Cadastro Municipal de Cultura no site http://www.recife.pe.gov.br/fccr/cadastro/ ou comparecer a Casa 8 do Pátio de São Pedro.

A Prefeitura do Recife montou ainda 33 postos descentralizados, distribuídos em todas as Regiões Político Administrativas, RPAs. Nesta semana os descentralizados estarão nas RPAs 1, 2, 3 e 4. (Veja endereços abaixo)

As inscrições são válidas para as pré-conferências que acontecerão entre os dias 19 e 30 de outubro e elegerão os delegados para a Conferência na primeira quinzena de novembro. As dúvidas podem ser esclarecidas no Conselho Municipal de Cultura pelos telefones 3355.3299/ 3298 ou no endereço eletrônico:conselhodecultura@recife.pe.gov.br.

Cdastro - Para se inscrever no Cadastro Cultural do Recife, o artista deverá atender aos seguintes critérios:

Literatura de Cordel é tema de Fórum no Recife

Muito se sabe da influência da literatura de cordel na cultura brasileira, em especial, na região nordeste do país. O Recife, por exemplo, é considerado o berço do cordel, uma referência quando se trata do assunto. Para resgatar, valorizar e divulgar a cultura popular chega à capital a primeira edição do Fórum Pernambucano de Cordel. Com o tema “A Cultura Popular em Movimento”, o fórum acontece de 15 a 20 de setembro, a partir das 11h, no Museu Cais do Serão, Bairro do Recife.

Propondo despertar o interesse popular pela temática estarão presentes no evento os cordelistas Davi Teixeira, Felipe Junior, Paulo Moura, Alice Amorim, entre outros. Para a abertura, o cearense Allan Sales, músico e autor de mais de 700 folhetos, realizará uma oficina de “Introdução da poesia popular nordestina: métrica e rima”. Ele também será o responsável por uma cantoria declamatória em parceria com o sanfoneiro Diviol Lira, para a abertura oficial. Também estará presente no dia 15, o paraibano Aderaldo Luciano com a palestra “A História do Cordel”. A programação do evento seguirá com as palestras “O cordel de repente ao papel”, “Cordel, a arte do improviso”, “O cangaço e o cordel”, “A relação do cordel com a internet” e “O cordel e o empreendedorismo”.

O fórum também oferecerá oficinas, exposição e roda de leitura. Para comandar o workshop de xilogravura foi convidado o cordelista Meca Moreno. Membro da União dos Cordelistas de Pernambuco (Unicordel), Moreno que é autor de vários cordéis e tem dois livros publicados, irá abordar as noções teóricas e práticas necessárias a criação das xilogravuras. O projeto, promovido pela cultural Bersato, com incentivo do Funcultura, foi idealizado e desenvolvido pelas pesquisadoras Shirley Rodrigues e Eulina Fraga com o objetivo de incentivar a criação, produção, formação e difusão da literatura de Cordel e as linguagens afins. “O hábito de ler cotidianamente o cordel fez surgir no Nordeste poetas de expressão como Patativa do Assaré e revelar ao mundo uma música inigualável de Luiz Gonzaga, valores que sintetizam a grandiosidade da nossa arte popular. O cordel precisa sobreviver e voltar a ser uma cultura de massa tal como antigamente”, pontua Shirley.

Serviço:
1º Fórum Pernambucano de Literatura de Cordel
Museu Cais do Sertão - Av. Alfredo Lisboa, s/n, Bairro do Recife
15 a 20 de setembro
1h
Entrada Gratuita
Informações:3089.2974