segunda-feira, 31 de março de 2014

Um mês de programação especial na Biblioteca Popular de Afogados

A Biblioteca, que foi inaugurada em 1955, disponibiliza consulta e empréstimo de livros, além de promover uma vasta programação voltada para a cultura e o lazer com foco principal no estímulo à leitura.
Biblioteca Popular de Afogados
Rua Jacira, s/n – Afogados
3355 3025 / 3355 3122 / bibliotecapopulardeafogados.blogspot.com 
                                                                                             
Atividades:

Exposição
Hall da Biblioteca
3 8h às 12h
Exposição de painéis da modelo Danielle Oliveira e do professor José Marcos com ilustrações sobre moda, teatro e apresentação de debates sobre o tema.

Dia da Biblioteca e Semana do livro infantil
Hall da Biblioteca
9 8h às 17h
Um decreto brasileiro datado de 9 de abril de 1980 instituiu no país a Semana Nacional do Livro e da Biblioteca, bem como o Dia do Bibliotecário. Por esse motivo, o dia 9 de abril é conhecido como o Dia da Biblioteca. Exposição de obras literárias do Acervo Infantil.

Projeto Palavra Mágica
Auditório da Biblioteca
10 14h às 16h
Ação social de incentivo à leitura. Esse projeto tem como objetivo central incentivar a prática e despertar o gosto pela leitura no público infantil. Aos pais e acompanhantes serão oferecidas palestras sobre diversos temas como saúde, nutrição e outros. As oficinas serão realizadas em parceria com a Faculdade Pernambucana de Saúde, autora do projeto. Público-alvo: crianças de 6 a 8 anos de idade.

Dia do Índio
Hall da Biblioteca
9 8h às 17h (Exposição de obras sobre o tema)
Celebrado em 19 de abril, para marcar na história a primeira participação de líderes indígenas em um congresso. Nesse mesmo congresso, foi criado o Instituto Indigenista Interamericano, para zelar pelos direitos dos índios nas Américas.

Pegue e Leve
Área externa da Biblioteca
28 9h às 16h
Ação voltada para a doação de livros e diversos materiais existentes em duplicatas no acervo da Biblioteca. Venha escolher também livros didáticos para crianças e adolescentes que precisam de material de apoio às pesquisas escolares. Traga amigos, vizinhos e filhos para participar dessa ação.

Descobrimento do Brasil
Hall da biblioteca
22 8h às 17h
Em 22 de abril de 1500 chegavam ao Brasil caravelas portuguesas lideradas por Pedro Álvares Cabral. À primeira vista, eles acreditavam tratar-se de um grande monte, e chamaram-no de Monte Pascoal. No dia 26 de abril, foi celebrada a primeira missa no Brasil.

Painel alusivo à data.

sexta-feira, 28 de março de 2014

Final de Semana Cultural

Sábado (29)












Está aberta ao público pernambucano a mais completa exposição sobre a vida e a obra de Paulo Leminski.
Visitação - Múltiplo Leminski na Torre Malakoff
Sexta-feira: das 10h às 18h | Sábados: das 15h às 18h | Domingos: das 15h às 19h

O Museu de Arte Moderna promove neste domingo(30) CineMAMAM. O evento vai ter a exibição do filme francês “O Vento Da Noite” (1999), do diretor Philippe Garrel. A exibição de vídeos acontece a cada 15 dias, no auditório do museu e pretende agregar arte contemporânea e cinema dentro do espaço.
30 de março, 14h 
Auditório do Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães – MAMAM. 
A entrada é pela Rua da União, 88 no bairro da Boa Vista - próximo ao cinema São Luiz. 
Gratuito

Forró de Arlindo


Relembrando  o Mestre Arlindo


Participação especial: Quinteto Sala de Reboco,Confraria do Forró, Walkiria Mendes, Aécio dos 8 Baixos, Quinteto Sanfonado, Raminho da Zabumba, Ronaldo Aboiador, Trio Macambira, Rouxinol do Nordeste, Nerilson Buscapé e outros.
30 de março  18h
R$ 10 Homem  - R$ 5 Mulher
Av. Hildebrando de Vasconcelos, 2900 - Dois Unidos - Recife
Telefone: 9615-6010 - 3443-9147

Há um ano, a Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Turismo e Lazer, criou dois projetos que já fazem parte da vida dos cidadãos. A Ciclofaixa de Turismo e Lazer e o Recife Antigo de Coração estão comemorando, neste domingo (30), seu primeiro aniversário, e quem vai curtir a festa é a população.

Quem for aproveitar a Ciclofaixa neste domingo também vai notar uma novidade no percurso. Isso porque 23,2 quilômetros do trajeto, que antes era sinalizado apenas com cones, contará também com uma demarcação no asfalto.A Prefeitura também disponibiliza o seu estacionamento, das 6h às 23h, para garantir mais comodidade para a população. Vans realizam o translado das pessoas até o polo de atividades de forma gratuita.

“À flor da pele” por Simone Andrade


Por Erika Fraga | Fotografia Ivaldo Bezerra | Modelo Jamila Marques | Beleza José Brena
                                                                                                            
Transformar o couro natural em verdadeiras joias não é um trabalho fácil. Há três anos a empresária Simone Andrade abraçou essa ideia, que vem agradando, e muito, a mulherada. A marca que leva o mesmo nome da empresária produz brincos, pulseiras e colares, tudo muito moderno e elegante, suas iconografias representam ícones da natureza, como folhas e flores.

A principal característica das peças é o recorte a laser, técnica que oferece um designer diferenciado aos produtos.  “Em 2010, fui convidada, pelo SENAC, a ministrar uma oficina para um grupo de artesões de Serrita, e, nas minhas pesquisas sobre o couro natural, verifiquei que não existia esse tipo de trabalho em Pernambuco. Por isso me considero pioneira. Houve muita dificuldade com a terceirização das máquinas de corte, principalmente por ser uma proposta inovadora; tive que aprender na prática mesmo”, revela. Outro elemento muito forte na marca é a sustentabilidade. “Nosso trabalho é voltado para a sustentabilidade, por isso optamos por trabalhar com um estilo atemporal. Todos os nossos produto são clássicos, se enquadram em qualquer época”, comenta Simone.



A nova coleção, fruto de muito estudo, vem com uma proposta diferenciada e inovadora. Segundo Simone, são agregados ao couro metais e pedras naturais. As cores clássicas, dourado, preto e branco, continuarão, no entanto aparecerá bastante a variação das cores que representam os quatro elementos da natureza como o laranja, o branco, o azul e o verde.  

A marca ainda não possui um espaço físico, os produtos podem ser encontrados em algumas lojas como Refazenda, Estação Quatro Cantos e Eu Vi Primeiro, além da fanpage no Facebook, que é uma grande aliada para conquistar novos clientes.  É também através das feiras que Simone Andrade vem se tornando conhecida. A Fenearte, por exemplo, foi o divisor de águas para a grife. Atualmente participam de feiras em outros Estados, como a Feira da Lua, realizada mensalmente em Brasília/DF, Mercadinho Chic, da Alameda Santos/SP, entre outras. Eles também possuem representantes na Bahia, além dos lojistas que levam vários produtos para a Espanha.   

“Acredito que o reconhecimento do meu trabalho é fruto da minha maturidade como pessoa. Sou apaixonada pela natureza, carrego no meu íntimo as questões de sustentabilidade e, acima de tudo, tenho a consciência de que moda não é futilidade, e sim uma forma de viver. O meu maior objetivo é ver a felicidade de cada pessoa que compra a nossa peça”, revela. A marca tem um trabalho exclusivo de agendamento de visita domiciliar, basta ligar e marcar o dia e o local desejado, que a Simone leva os produtos.

Simone Andrade
3491 4226 | 8787 2964 | 8725 7916
www.facebook.com/SimoneAndradeAcessorios

Eu Vi Primeiro
Rua da Hora, 399 – Espinheiro | Fone: 3241 4873

Estação 4 Cantos – Galeria e Café

Rua Prudente de Moraes, 440 – Sítio Histórico | 3429 7575

quinta-feira, 27 de março de 2014

Casa da Rabeca recebe Ariano Suassuna

A casa recebe o escrito e dramaturgo para a primeira aula-espetáculo e um show homenageando Capiba.

Foto: Roberta Guimarães

A Casa da Rabeca, conhecida por receber nomes de referencia no cenário artístico musical de pernambuco, apresenta nesta sexta (28) Ariano Suassuna no seu projeto iniciado em 2007, onde ele narra com criatividade e bom humor relatos curiosos de sua vida e da literatura e da cultura regional.

O show terá como homenageado o compositor Capiba, famoso músico pernambucano que morreu há 17 anos. Se estivesse vivo, o autor de canções memoráveis que vão de frevos a sambas-canção, como Madeira Que Cupim Não Rói e Maria Betânia, estaria completando, em 2014, 110 anos de vida. 
Ariano mostra ao público o contexto do surgimento de cada música, recitando poemas e abrindo espaço para as coreografias dos bailarinos do Grupo Arraial, que dão movimento e revivem as obras do compositor. 

A entrada para o evento é franca. A Casa da Rabeca também disponibiliza estacionamento particular do espaço gratuitamente, com segurança e conforto para os espectadores.


Aula-espetáculo com Ariano Suassuna na Casa da Rabeca
28 de março,  20h
Casa da Rabeca do Brasil – Rua Curupira, 340, Cidade Tabajara – Olinda/PE;
Entrada franca;
Mais informações: 3371.8197.


Ilustra Recife de volta com o Ciclo de Debates

O museu Museu Murillo La Greca recebe mais uma vez  o Ciclo de Debates da exposição Ilustra Recife.

O que define uma ilustração? O que difere uma ilustração “artística” para uma ilustração “comercial”? Para onde encaminhar sua criação, sua técnica e sua habilidade? Pensando nessas respostas a equipe no Museu Murillo La Greca percebeu a necessidade de criar um momento crítico e reflexivo para responder as dúvidas já existentes  e colaborar para o surgimento de outras.

Neste segundo momento o debate conta com  temas como, "Ilustração na publicidade e no jornalismo" e "Ilustração para infância e juventude",  para comentar sobre o assunto foram convidados artistas com obras em  exposição no museu e ilustradores da cidade, no intuito de promover a interação e esclarecimentos entre os ilustradores e os espectadores. 


Ciclo de Debates / Ilustra Recife
Museu Murillo La Greca – Rua Leonardo Bezerra Cavalcanti, 366, Parnamirim.
29 de março, 15h às 17h.
Entrada gratuita

 


 





quarta-feira, 26 de março de 2014

Último dias da temporada de A Dona da História


Foto: Renata Pires/ Divulgação
Em comemoração aos 10 anos de sua criação, o grupo teatral Duas Companhias, criado pelas atrizes Lívia Falcão e Fabiana Pirro, escolheu celebrar esta data apresentando ao público a encenação da peça "A Dona da história", do aclamado diretor e roteirista João Falcão. Para a direção foi escolhida a coreografa e preparadora corporal Duda Maia, com quem trabalharam em 2012 no projeto Que Maravilha! Ciclo de Leituras do Teatro de Pernambuco. Desde a estréia (13), a peça que teve lotação de público em suas sessões no Teatro Apollo, agora se despede com apresentações que vão desta quinta (27) até domingo (30). 

O espetáculo conta a  história de uma mulher  que resolve conversar com seu passado, às vezes propositadamente, às vezes surpreendida por ela mesma, e assim vai reinventando sua caminhada. O texto é uma brincadeira com o tempo, onde traz uma mulher com 20 anos cheia de esperança que tenta imaginar como será dali a alguns anos, e a mesma mulher já com 50 anos vivendo o presente, mas relembrando o passado, as escolhas feitas e como elas afetaram o presente. O história  apresenta uma visão bem humorada sobre a vida e seus contra-tempos. 

Livia Falcão e Olga Ferrário, mãe e filha na vida real, encarnam respectivamente a mais velha e a mais jovem. “Eu tenho muita saudade dos textos de João, porque marcaram muito o início da minha carreira. Depois do projeto Que Maravilha! eu fiquei pensando que seria lindo trazer e montar A Dona da História aqui e com Olga então! Eu já havia dirigido Olga, mas até a leitura desse texto, que aconteceu em 2012, nunca contracenamos antes. Agora estamos juntas no espetáculo. Quando olho para ela eu realmente me vejo mais nova. É muito bom!”, diz Lívia Falcão.


Serviço:
A Dona da História
No Teatro Apolo
De quinta a domingo, de 13 a 30 de março
Horário: 20h
Ingressos:
Quintas – R$ 8,00 (preço promocional para todo o público)
Sexta a Domingo – R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)



Musical na Mostra Marco Camarotti

Foto: Laryssa Moura

O espetáculo infantil 
Como a lua, que está em cartaz durante os finais de semana no Teatro Barreto Júnior, no Pina, fará uma apresentação especial dentro da IV Mostra Marco Camarotti de Teatro para a Infância e Juventude. A sessão está marcada para esta quinta-feira (27), às 10h, no Teatro Marco Camarotti, no Sesc Santo Amaro.
O musical tem texto do paulistano Vladimir Capella e direção de José Manoel Sobrinho, que montou essa mesma dramaturgia pela primeira vez em 1984. Em 1990, o espetáculo ganhou novo elenco, mas as marcações da direção se mantiveram. 
Agora, com o apoio do Funcultura, José Manoel Sobrinho está assinando uma nova versão da peça.No palco, oito atores interpretam, cantam e tocam ao vivo músicas compostas por João Falcão.
O enredo traz a história de amor do índio Payá pela bela índia Colón. Só que, para complicar, o deus Rudá brinca com os sentimentos do indiozinho, que não é um bravo guerreiro, nem um bom caçador. No elenco estão Geysa Barlavento, Kamila Souza, Luiz Veloso, Marinho Falcão, Pascoal Filizola, Samuel Lira, Sandra Rino e Tiago Gondim.

Serviço:Musical Como a lua
Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia-entrada)
27 de março, às 10h
Teatro Marco Camarotti - Sesc Santo Amaro
Rua do Pombal, s/n° - Santo Amaro
Informações: (81) 3216-1728
* Depois da apresentação, o elenco conversa com o público.





terça-feira, 18 de março de 2014

Ancine realiza seminário sobre o Fundo Setorial do Audiovisual no Nordeste

Estão abertas as inscrições para o Seminário Fundo Setorial do Audiovisual – FSA, que a ANCINE realiza no dia 20 de março na capital pernambucana.
O encontro acontecerá de 14h às 17h, na sede do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) na capital pernambucana, através da parceria com a Representação Regional Nordeste do Ministério da Cultura (RRNE/MinC), com o CANNE – Centro Audiovisual Norte-Nordeste. As apresentações de Recife contarão também com transmissão ao vivo por videoconferência para outras seis sedes do BNB nas capitais nordestinas  (Aracaju, Fortaleza, Maceió, Natal, São Luis, e Teresina). 

Com a participação da diretora Rosana Alcântara e dos Superintendentes de Desenvolvimento Econômico, Marcos Tavolari, e de Fomento, Paulo Alcoforado, o seminário é voltado a profissionais de empresas produtoras, distribuidoras ou programadoras de conteúdo audiovisual, responsáveis pela execução dos projetos financiados pelo Fundo, gestores de fundos de investimento com participação do FSA, entre outros. Na pauta, orientações sobre as novas chamadas públicas para desenvolvimento, produção e comercialização de projetos para cinema e TV.

Teatro Luiz Mendonça recebe propostas para ocupação da pauta

Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR
Estão abertas até o dia 1º de abril,  as inscrições para o Edital de Reserva de Pauta do Teatro Luiz Mendonça, que integra os equipamentos do Parque Dona Lindu, em Boa Viagem. A convocatória, lançada pela Secretaria de Cultura do Recife, é voltada para a realização de espetáculos de Artes Cênicas, incluindo as linguagens de Circo, Dança, Ópera e Teatro, e foi publicada do Diário Oficial do sábado (15).
Após debate com entidades das Artes Cênicas e com a representação de Artes Cênicas do Conselho Municipal de Política Cultural, o edital ganhou nova redação. Dentre as principais novidades, pela primeira vez os espetáculos poderão fazer uma curta temporada. Também há alteração no pagamento da taxa de ocupação do equipamento, que passa a ser de 10% da bilheteria, não ultrapassando o valor de R$ 1 mil.
São quatro modalidades de pauta disponibilizadas, para os meses de abril e maio de 2014. Os interessados poderão inscrever-se para as noites de quintas, sextas ou sábados e domingos, no horário noturno. Há ainda a possibilidade de utilizaçãodo Teatro aos domingos, no período da manhã.
Para facilitar a apresentação de propostas, não será mais necessário encaminhar certidões negativas, visto que não se trata de um contrato de apresentação ou prestação de serviços. Podem participar do processo seletivo Pessoa Física ou Jurídica promotora de espetáculos cênicos, residentes ou domiciliadas no estado de Pernambuco. Os documentos solicitados podem ser entregues em forma impressa ou salvos em mídias, como CD ou DVD.
A avaliação se dará em duas etapas: a primeira irá verificar a documentação e a segunda o mérito artístico. Dentre os critérios para o segundo momento, serão analisados a qualidade artística e técnica da montagem, a partir do conceito da encenação, sinopse do texto, fotos, vídeos, currículo da equipe, ficha técnica do espetáculo, entre outros.
O edital está disponível no site da Prefeitura do Recife. O resultado deverá ser divulgado até o dia 16 de abril. Dúvidas poderão ser esclarecidas através do e-mail teatroluizmendonca@hotmail.com, fazendo constar no campo Assunto “Convocatória Teatro Luiz Mendonça 2014”, ou através dos números (81) 3355-9821 ou 3355-9822, em dias úteis, das 9h às 17h.

João Bosco de volta ao Recife


O cantor e compositor mineiro João Bosco, um dos maiores ícones da MPB, volta ao palco do Manhattan Café Theatro, após o sucesso de sua última apresentação no espaço. Ele será, depois do recesso de momo, o grande responsável pelo show de reabertura da casa, que está em processo de ampliação e passará a contar com capacidade para 350 lugares, todos com uma visão privilegiada do palco. 

O cantor se apresenta em dois dias de shows inéditos e inesquecíveis, nesta sexta, dia 21 e sábado, dia 22, a partir das 21h. A abertura da casa, como de costume, fica a cargo dos Garçons Cantores. Clássicos como “Kid Cavaquinho”, “O mestre-sala dos mares”, “Papel machê”, “O bêbado e a equilibrista”, “Jade” e “As escadas da Penha” são algumas das canções que sempre são lembradas.O couvert artístico individual custa, para cada dia, a partir de R$ 120. As mesas são comercializadas para, no mínimo, quatro pessoas. 
Serviço: 
Show de João Bosco
Manhattan Café Theatro -Rua Francisco da Cunha, 881 - Boa Viagem
21 e 22 de março
(81) 3325-3372