sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Lançamento da Linha Festa Gabi Fonseca

Imagem inline 3

Última apresentação do espetáculo Sarará

Inline image 1

Maratona da sanfona já começou no Recife

Neste sábado (1), a partir das 20h, no Teatro de Santa Isabel, o show dos sanfoneiros continua na capital pernambucana. No domingo (2), as apresentações serão realizadas também às 20h. Os ingressos custam R$ 5 (valor único promocional) e podem ser adquiridos na bilheteria do teatro

O 15º Encontro de Sanfoneiros do Recife teve início nesta última sexta-feira (30), no Nosso Quintal, nos Torrões, e reuniu quase 100 sanfoneiros para homenagear o Mestre Lua no ano em que completaria 100 anos. E a maratona da sanfona não parou por aí. Com patrocínio da Petrobras, Copergás, Fundarpe e Secretaria de Cultura do Estado de Pernambuco, e apoio da Prefeitura do Recife, o encontro, que acontece desde 1998, busca manter viva a memória de Luiz Gonzaga e o instrumento que o imortalizou, a sanfona. Para isso, o produtor do evento, Marcos Veloso, levará os sanfoneiros a um lugar que o Velho Lua nunca conseguiu cantar: o Teatro de Santa Isabel.

Neste sábado (1), a partir das 20h, quem recebe os forrozeiros de plantão no Teatro de Santa Isabel é a Banda de Pífano - Zé do Estado, de Caruaru. Logo depois, a abertura será feita por Lêda Dias. Com apresentação de José Mário Austregésilo, os sanfoneiros convidados são: Júlio Cezar, Luzinho Calixto, Duda da Passira, Lucy Alves, Mestre Camarão, Oswaldinho e os sanfoneiros mirins Karoline Maciel e Vinícius Nogueira. Já no domingo (2), também às 20h, a abertura será realizada pela cantora Sandra Belê. O grande show da noite fica por conta de Marcelo de Feira Nova, Zé Calixto, Mahatma, Severo, Gilberto Monteiro e Gennaro. Os ingressos custam R$ 5 (valor único promocional) e podem ser adquiridos na bilheteria do teatro.
  
Serviços:
15º Encontro de Sanfoneiros do Recife
Dias 1 e 2 de dezembro, às 20h
Apresentação de diversos artistas, sob a direção musical do mestre Gennaro, como Mestre Camarão, Oswaldinho, Severo, Zé Calixto, Luzinho Calixto, Duda da Passira, Lucy Alves (Clã Brasil), Marcelo de Feira Nova, Gilberto Monteiro, Mahatma, Antonio Spacarotella e Júlio César, além dos sanfoneiros mirins Karoline e Vinícius Nogueira
Local: Teatro de Santa Isabel
Entrada: R$ 5 (o dinheiro será revertido para os Quilombos do município de Caetés, que sofrem com seca tão cantada por Gonzaga / ingressos disponíveis na bilheteria do teatro)
Informações: 3355-3322

Lançamento do Catálogo Festival Recife do Teatro Nacional

Imagem inline 3

Cia. 2 em cena comemora dia do palhaço com culminância do projeto de pesquisa


Cia 2 em Cena. Foto: Divulgação
Depois de um ano debruçados sobre o projeto de pesquisa “Laboratório de palhaçaria – uma pesquisa sobre os palhaços brasileiros”, a Cia. 2 em Cena realiza a culminância do projeto que tem o incentivo do Governo do Estado, através do Funcultura 2011. As ações compõem a programação em comemoração ao Dia do Palhaço e serão realizadas na Casa Mecane, mercados públicos do Recife e Avenida Conde da Boa Vista. Além da programação de culminância do projeto de pesquisa, dois eventos que contam com a participação da Cia. também integrarão a programação em comemoração ao Dia do Palhaço: a temporada do espetáculo “Reprilhadas e Entralhofas – um concerto para acabar com a tristeza”, no Teatro Arraial, e a apresentação do show de músicas de circos e palhaços brasileiros “Canções, cançonetas e caçarolas”, no III Festival de Teatro de Igarassu (FESTG). Abaixo segue a programação completa:

01/ 12/ 2012 – Leitura pública do drama circense “O segredo do mordomo” de Artur Fernandes.
Local: Casa Mecane.
Horário: 19h

02/12/2012 – Leitura pública do drama circense “O estrangulador” de Sotero Caetano. 
Local: Casa Mecane.
Horário: 19h

03/12/2012 – Apresentação de reprises e entradas tradicionais.
Local: Mercado público da Encruzilhada.
Horário: 8h30

03/12/2012 – Apresentação de reprises e entradas tradicionais.
Local: Mercado público de Casa Amarela.
Horário: 10h30

04/12/2012 – Apresentação de reprises e entradas tradicionais.
Local: Mercado público do Cordeiro.
Horário: 15h30

05/12/2012 – Apresentação de reprises e entradas tradicionais.
Local: Mercado público de São José.
Horário: 15h30

06/12/2012 – Apresentação de reprises e entradas tradicionais.
Local: Mercado público de Afogados.
Horário: 9h30

07/12/2012 – Apresentação de reprises e entradas tradicionais.
Local: Mercado público do Pina.
Horário: 9h30

10/12/2012 – Saída de palhaços pelas ruas do Recife.
Local: Avenida Conde da Boa Vista (do Shopping Boa Vista a Praça do Diario de Pernambuco.)
Horário: 16h

Contatos:
Cia. 2 em cena de teatro, circo e dança.
Fones: 3071-2880/ 8826-6406/ 8451-0635/ 9665-7271.

Forró do Sítio Histórico de Igarassu recebe tributo a Marinês



Neste sábado (1), a partir das 22h, no Forró do Sítio Histórico de Igarassu, será realizado o tributo a Marinês (A rainha do xaxado). Na ocasião, haverá a participação de Walkyria Mendes e Forró Sem Fronteiras, além da participação especial de Jorge Silva, Mardônio Sanfoneiro e Trio Saculejo. Os ingressos custam R$ 10. Informações: 9800-5282.


O show será uma mescla de homenagem ao centenário Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro e a cantora Marinês, a rainha do Xaxado, a qual a cantora Walkyria Mendes lançou CD com músicas que foram interpretadas pela mesma a pedido da artista antes de sua morte: "segura minhas obras, ela não pode ser esquecida".  

Serviço:
Sitio Histórico em Igarassu (por trás da Câmara dos Vereadores)
R$ 10
22h
Informações: 9800-5282 / 9680-8243
                   

Fim de Semana Cultural

Sexta-feira (30)

Feiras e Eventos

Movimento Pró-Criança mostra sua arte nesta sexta (30)

Dança, teatro, música, artes plásticas, literatura e muito mais no evento “Educação como Igualdade – Construindo Valores e Fazendo a Diferença”, que toma conta do Espaço Ciência e Cultura do IMIP, nesta sexta (30). Com entrada gratuita, a partir das 13h, no IMIP dos Coelhos, os alunos do Movimento Pró-Criança participarão de uma verdadeira maratona cultural com a apresentação artística dos jovens e crianças atendidos pela instituição.

Festa de encerramento do 15º Festival Recife do Teatro Nacional 2012

Imagem inline 1

Pátio de São Pedro recebe o Dia Nacional do Samba

Belo Xis. Foto: Divulgação

O Dia Nacional do Samba será comemorado neste sábado (1), a partir das 20h, no Pátio de São Pedro, centro do Recife. Na ocasião, o público poderá conferir apresentações de sambistas como Belo Xis (comemorando 35 anos de samba), Ramos Silva, Wellington do Pandeiro, Ely Peroás, Luiza Pérola e outros. A entrada é gratuita. Mais informações pelo telefone 9615-6010.

Show de Publius no Projeto Cena Cumplicidades


Publius (voz e violão)
Dia 02 de dezembro (domingo), às 18h
Cena Cumplicidades - Alto da Sé (em frente ao elevador panorâmico) - Olinda
Gratuito   
                                        
Imagem inline 2

Pra ouvir: SoundCloud
Pra conhecer: fanpage do Facebook
Pra seguir: Twitter

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Exposição resgata sociedade xingu através da memória de Orlando Villas Bôas



Boa parte da sabedoria e experiência adquirida pelo sertanista Orlando Villas Bôas será transmitida ao visitante na exposição Kuarup – A Última Viagem de Orlando Villas Bôas, que será inaugurada dia 14 de dezembro, na CAIXA Cultural Recife e poderá ser vista até dia 17 de fevereiro de 2013. A mostra chega à capital pernambucana após passar por Brasília, São Paulo, Curitiba, Salvador e Rio de Janeiro.           
Com curadoria de Denise Carvalho, Gilberto Maringoni e Noel Villas Bôas, a intenção é mostrar a cultura indígena do Alto-Xingu, na qual não só Orlando, como também os seus irmãos Cláudio e Leonardo Villas Bôas, tiveram período de imersão intensa em sua cultura e sociedade. Contrariando concepções equivocadas, eles identificaram ali uma sociedade equilibrada, estável, erguida sobre sólidos princípios morais, em que o comportamento ético sustentava uma organização tribal harmônica.

Na exposição, o visitante é convidado a desbravar esses costumes, sobretudo a maneira como encaravam a morte. Isso acontecerá por meio do olhar sensível de Renato Soares, que captou uma série de fotos do ritual de homenagem aos mortos ilustres indígenas, o Kuarup, feito especialmente para Orlando em 2003. A mostra ainda reúne mapas, textos explicativos, retratos antigos e utensílios pessoais do sertanista.

Exposição Panoramas do Sul - Itinerância Videobrasil na Fundação Joaquim Nabuco

CONVITE-FINAL1.jpg

Senac-PE promove parceria com o projeto Modos & Modas


Com o objetivo de discutir a produção desenvolvida durante o século XX, o Senac Pernambuco promove uma parceria com o projeto Modos & Modas no Século XX: A Evolução do Vestir sob o Olhar de Expressões Artísticas, que é uma iniciativa conjunta de profissionais pernambucanos ligados a esse campo de criação artística apoiada pelo Funcultura. As atividades abrangem o seminário Modos & Modas e a exposição fotográfica Habitáculo, sendo realizadas no mês de dezembro.

Entre a próxima terça-feira (04/12) e quinta (06/12), o seminário Modos & Modas será realizado no auditório do Senac, reunindo palestrantes que vão discutir temas ligados às áreas de moda, design, sociologia e antropologia em palestras e oficinas. Entre os convidados estão a antropóloga e escritora Fátima Quintas; o jornalista e professor universitário Dario Brito; o cenógrafo, figurinista e também professor Marcondes Lima; e o carioca Felipe Barbosa, que vai ministrar a oficina “Economia, moda, arte, conceito e produção nos materiais cotidianos”. (Confira a programação completa abaixo).

O objetivo do seminário é promover um momento de troca e estímulo para acadêmicos, profissionais, pesquisadores, com foco interdisciplinar através do tema sustentabilidade trabalhado no processo criativo da humanidade para o desenvolvimento sociocultural. As inscrições estão sendo realizadas através do site do Senac (www.pe.senac.br). Para participar do seminário, o investimento é de R$ 30. Já as oficinas custam R$ 50, tendo vagas limitadas e entrega de certificado.

Já a exposição fotográfica Habitáculo, que estará em cartaz na Galeria Janete Costa (Parque Dona Lindu) entre os dias 13 a 27 de dezembro, foi desenvolvida pelas alunas concluintes do curso superior de Tecnologia em Design de Moda da Faculdade Senac. As peças criadas têm como referência intervenções e espaços urbanos da Região Metropolitana do Recife que habitamos cotidianamente.
Com o propósito de provocar uma reflexão nos espectadores em relação aos nossos espaços urbanos do ponto de vista do Design de Moda, a mostra é fruto do conjunto de conhecimentos adquiridos durante o curso, a partir da orientação do grupo docente da Faculdade Senac-PE.

Programação do seminário:

Espetáculo Flor abre o projeto 2012 do Cena Cumplicidade

Flor. Foto: Fabio Nagel


Os gaúchos Thais Petzhold e Celau Moreyra se apresentam ao público nesta quinta-feira (29) e abrem com chave de ouro a segunda edição do Cena Cumplicidades com Flor. O projeto, idealizado pela bailarina Thais Petzhold ao lado do músico Celau Moreyra, apresenta-se como uma intervenção urbana e inclui no roteiro  performances com dança contemporânea e música instrumental. Desta quinta-feira até domingo, a dupla faz parte da programação do Cena Cumplicidade ocupando as mais diferentes paisagens urbanas das duas cidades cúmplices nessa parceria: Olinda e Recife.

A dupla Thais Petzhold, destacada bailarina do cenário cultural do Sul do País, e Celau Moreyra reconhecido violoncelista da OSPA, convidam o público e os artistas das cidades visitadas para se integrarem às intervenções, o que confere a obra “Flor”, a possibilidade de novos diálogos estéticos e o estado de constante transformação. As performances contarão com a participação especial dos pernambucanos: o bailarino/ator Helder Vasconcelos (um dos fundadores do grupo musical Mestre Ambrósio) e o músico Johann Brehmer.

E essa é só a primeira atração de uma programação extensa que vai preencher a agenda cultural durante os próximos quatro dias. Serão apresentações gratuitas em espaços públicos com artistas e grupos de dança, música e teatro, além de atividades de formação voltadas para esses três segmentos das artes. Essa é a proposta do Projeto Cena Cumplicidades, que acontece nesta quinta e sexta-feira (29 e 30 de novembro), em Recife, e no sábado e domingo (1 e 2 de dezembro), em Olinda.

Trata-se de um movimento colaborativo de artistas, produtores, designers, jornalistas, organizações e profissionais de diversos segmentos que se articulam sob a cumplicidade de uma mesma ideia: promover, movimentar e disseminar a cultura entre cidades do Brasil e do mundo, tornando-as cidades cúmplices das culturas umas das outras. O Cena Cumplicidades é realizado com o apoio da Prefeitura de Olinda, Prefeitura do Recife e do Consulado Francês em Recife.

PROGRAMAÇÃO 2012

Casa da Cultura Luiz Gonzaga recebe leitura dramática de Nelson Rodrigues


Nesta sexta-feira (30), às 18h30, no hall central da Casa da Cultura Luiz Gonzaga, antiga Casa da Cultura de Pernambuco, será realizada a leitura dramática da primeiro clássico do pernambucano Nelson Rodrigues, encerrando as homenagens ao seu centenário. O projeto atual da gestora do prédio histórico  Maria José Montinho, envolve a sala de pesquisa e seu coordenador Jorge de Souza, a Cia Viver a Cena, e integrantes do meio teatral local. Ela acontece a partir de uma oficina de leitura dramática  ministrada pelo coordenador da sala de pesquisa, com a participação de integrantes do grupo de pesquisa chá das cinco, que se encontra semanalmente para estudos dramáticos de teatro e roteiros para cinema, e atores da Cia de teatro Viver a Cena. No elenco estão: Maria Thereza Carneiro, Ana Karla Medeiros, Rômulo do Amaral e Leide Barbara, da Cia de Teatro Viver a Cena, Izem Berg, Irah Mendes, Nataly Souza, Morgana Barbosa, Ana Araujo, Louise Kufner, Luiz Cruz, Performace especial co Madalena Saboia, dirigida por Robson Valeriano.

Desde sua estreia, em 28 de dezembro de 1943, vestido de noiva ainda impressiona pela sua modernidade, pelos cortes e diálogos quase cinematográficos. Levado à cena por atores iniciantes da Cia Os Comediantes, com direção de Ziembinski. a história narrada em três planos, mostra o destino de Alaíde e toda a sua vida, na proximidade da morte, depois de um atropelamento. Precedendo a leitura haverá apresentação musical do grupo Flor de Maracujá, da Unicap, com músicas de MPB. A leitura acontecerá aberta ao público, no hall central da Casa, a partir das 18h30.

Samba da Aurora recebe grandes nomes do samba

                  Imagem inline 1

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Som da Terra lança ‘Tapete Voador’ na Quinta no Galo

Som da Terra. Foto: Divulgação

A sede do Galo da Madrugada recebe, nesta quinta-feira (29), a partir das 20h, o lançamento do novo CD da banda pernambucana Som da Terra, intitulado “Tapete Voador”. O trabalho reúne frevos inéditos e autorais, além de clássicos já conhecidos do grupo, que surgiu há quase 40 anos. O projeto Quinta no Galo ainda conta com shows de artistas convidados, como Gustavo Travassos e Roberto Cruz, e apresentações dos passistas da Cia de Dança AJE, os maracatus Rosa Vermelha e Leão Formoso e o caboclinho Tapirapé. O lirismo dos antigos carnavais fica por conta do tradicional Bloco das Ilusões.

“Tapete Voador” traz dez músicas ao todo: são três trabalhos antigos – Fuá, Galo no Céu e Capital do Frevo – e sete inéditos, como o que deu nome ao CD. “A música Tapete Voador é uma explosão de alegria e já está tocando nas rádios nordestinas. Ela fala de um romance que percorreu até os Jardins da Babilônia. É a história de um homem apaixonado que vai de tapete voador até o Egito, em busca do seu amor”, antecipa Rominho Pimentel, vocalista e líder da banda, uma das mais versáteis da cena cultural pernambucana. Além de Tapete Voador, integram o novo disco as canções Agora Vai e Um minuto sem te ver.

“Escolhemos, mais uma vez, a sede do Galo da Madrugada para lançar o nosso trabalho, pois é um espaço sempre aberto aos artistas da terra e que reúne turistas não só no Carnaval, mas no ano inteiro”, conta Rominho. Para o presidente da agremiação, Rômulo Meneses, essa é uma das missões do maior bloco do mundo: “O Galo tem o compromisso de investir na cultura e valorizar os artistas locais, além de promover lazer para os amantes da boa música e da dança. Sem dúvida alguma, curtir uma noitada na sede do Galo é um dos melhores programas que o Recife oferece”.

O projeto Quinta no Galo faz parte do programa “Galo – Alegria o Ano Inteiro”, que busca propagar, durante os 12 meses do ano, a cultura pernambucana tanto para os foliões da terra como para aqueles que vêm de fora para conhecer o Estado. Durante o evento, o restaurante Varanda do Galo fica aberto, oferecendo cardápio de comida regional e petiscos variados. Os ingressos custam R$ 20 (individual) e R$ 100 (mesa para quatro pessoas). Informações sobre a programação: (81) 3224-2899 e www.galodamadrugada.org.br.

Serviço:
Lançamento do CD “Tapete Voador”, da banda Som da Terra
Data: quinta-feira, 29 de novembro de 2012
Horário: 20h
Local: Sede do Galo da Madrugada (Rua da Concórdia, 984, Bairro de São José)
Couvert: R$ 20 (individual) ou R$ 100 (mesa para quatro pessoas) 
Informações e reservas: (81) 3224.2899

Eduardo Araújo um pintor inquieto entre o Brasil e a Itália em exposição no Museu do Estado


Eduardo Araújo no momento da sua criação.
Foto: Divulgação
Até 30 de dezembro, os trabalhos do pintor Eduardo Araújo estarão em exposição no Museu do Estado. O artista que, há dez anos não faz uma individual em Recife, apresenta um seriado de 50 xilogravuras feitas em 1991, 1998 e 2000, parte delas na Itália, sendo na maioria preto e branco e 40 pinturas recentes em óleo sobre tela. Eduardo Araújo é da geração do Ateliê Coletivo Contemporâneo de Olinda. Ele costuma dizer que o ateliê se dividia em três gerações: a dele com Luciano Pinheiro e Zé de Barros a de Guita, Zé Claudio, Samico, Bacaro, José Barbosa e a de Gil Vicente, entre outros .

O catálogo contem texto do pintor José Cláudio e da curadora Betânia Correia de Araújo. A rica biografia artística do pintor que nasceu em Escada, em 1947, assim como Cícero Dia, também ganhou o mundo. A biografia é comentada por Gianluca Marinelli. A exposição conta com o apoio da Fundarpe, Museu da Cidade do Recife e a CEPE.

O interesse de Eduardo em ser artista plástico veio aos poucos, de observações e visitas a museus. Na sua permanência de dois anos no Rio de Janeiro, cresce o seu interesse pelas artes. Frequenta assiduamente exposições e os leilões de arte, que naquela época comercializavam pintores como Ismael Nery, Guiganar, Volpi, Di Cavalcanti, Rebolo e tantos outros. Passa dois anos em Londres frequenta cursos livres de desenho com modelo na Chelsea Svool of Art e tem a certeza de que realmente queria ser pintor deixando para traz a engenharia de Minas e professor de Geologia Aplicada da UFPE.

“O Profissional” e “Danton”, no Cineclube da Aliança Francesa



O Cineclube da Aliança Francesa do Recife apresenta “O Profissional” (Léon, 1994). Com roteiro e direção de Luc Besson, o filme será exibido nesta quarta-feira (28), às 20h30, na unidade da Aliança de Boa Viagem (Rua Tenente Domingos de Brito, 756). Entrada gratuita.

Na trama, Léon (Jean Reno), um assassino profissional, acaba tendo que cuidar de Mathilda (Natalie Portman), uma adolescente de 12 anos, cujos pais foram mortos. Relutante de início, ele começa a ensiná-la seus métodos, criando uma conexão de pai e filha entre os dois. Filme de muita ação e aventura, que traz ainda no elenco, Gary Oldman, no personagem Stansfield; e Danny Aiello, no papel de Tony.

Já na quinta-feira, dia 29, às 19h, na Aliança do Derby (Rua Amaro Bezerra, 466), tem “Danton” (Danton, 1982), com direção de Andrzej Wajda. Após a Revolução Francesa, a França vive uma nova onda de terror. Danton (Gérard Depardieu), um dos líderes da Revolução, enfrenta o governo na tentativa de mudar a situação.

Confiando no apoio popular, ele entra em choque com Robespierre (Wojciech Pszoniak), seu antigo aliado, mas acaba sendo levado a julgamento. Drama imperdível, que traz ainda no elenco Anne Alvaro, que dá vida à personagem Eleonore Duplay; Patrice Chéreau, como Desmoulins; e Wladimir Yordanoff, no papel do capitão da guarda. Exiboção aberta ao público gratuitamente.

Serviço:
Cineclube da Aliança Francesa do Recife
ü  O Profissional
Data: 28/11 (quarta-feira)
Horário: 20h30
Local de exibição: Aliança de Boa Viagem (Rua Tenente Domingos de Brito, 756)

ü  Danton
Data: 29/11 (quinta-feira)
Horário: 19h
Local de exibição: Aliança do Derby (Rua Amaro Bezerra, 466)
Informações: (81) 3325.4312 / 3202.6262
Entrada gratuita

Quarta é dia de jazz com Marcelo Demo



Marcelo Demo - (Reprodução/Internet)



A partir das 20h, desta quarta-feira (28), o bairro de Parnamirim (Zona Norte do Recife) torna-se um ponto de encontro dos amantes do Jazz. E quem dá um toque todo especial a festa é Marcelo Demo, que é figura carimbada das noites recifenses, especificamente no Burburinho, tocando com a banda Handmade Blues.

Serviço:
Jazz com Marcelo Demo
Quartas-feiras, a partir das 20h

Local: Bazza Bar e Comedoria
Rua Sebastião Alves, 273, Parnamirim
Informações: 3048-3126
www.bazzabar.com.br

Sanfoneiros se reúnem e fecham o ciclo comemorativo ao Centenário de Gonzagão

https://mail-attachment.googleusercontent.com/attachment/?ui=2&ik=462f9dacf9&view=att&th=13b474f6397f82d5&attid=0.1&disp=inline&realattid=f_ha2ijurs0&safe=1&zw&saduie=AG9B_P8B4aa711GnkXsKOqpPa5yU&sadet=1354115292321&sads=8JChliwIvZ3KkD3SluHqxpwq-rM&sadssc=1
Foto: Emanoel Messias
O 15º Encontro de Sanfoneiros do Recife será realizado nesta sexta (30 de novembro), a partir das 6h, no Nosso Quintal, no bairro dos Torrões, e também nos dias 1 e 2 de dezembro (sábado e domingo, respectivamente), às 20h, no Teatro de Santa Isabel

O 15º Encontro de Sanfoneiros do Recife tem início nesta sexta-feira (30), a partir das 6h com o café da manhã “danado de bom”, no Nosso Quintal, que fica no bairro dos Torrões, e promete reunir mais de 100 sanfoneiros para homenagear o Mestre Lua no ano em que completaria 100 anos. Além da musicalidade por meio de ritmos como xote, xaxado, baião e forró, o evento trará barracas de artesanatos locais e comidas típicas, exposição de sanfonas, mostra discográfica do Rei do Baião e também exibição de documentários.

Nesse mesmo dia 30 de novembro, às 18h, haverá o ato religioso com o padre Reginaldo Veloso e a cantora Irah Caldeira, seguido de uma salva de tiros com os bacamarteiros de Abreu e Lima. No decorrer do dia, a iniciativa ainda contará com a apresentação do grupo de xaxado Cabras de Lampião, de Serra Talhada. Preocupados em atender bem todo o público, os sanfoneiros reservarão vagas para idosos e pessoas que convivem com algum tipo de deficiência. Solicitação: Levar um quilo (1Kg) de alimento não perecível.

Mas a festa não para por aí. Com patrocínio da Petrobras, Copergás, Fundarpe e Secretaria de Cultura do Estado de Pernambuco, e apoio da Prefeitura do Recife, o encontro, que acontece desde 1998, busca manter viva a memória de Luiz Gonzaga e o instrumento que o imortalizou, a sanfona. Para isso, o produtor do evento, Marcos Veloso, levará os sanfoneiros a um lugar que o Velho Lua nunca conseguiu cantar: o Teatro de Santa Isabel. “Gonzaga nunca tocou no Teatro de Santa Isabel porque naquela época não era permitido entrar atrações que tocassem algo relacionado à cultura popular. Então, iremos realizar esse desejo de Gonzaga para finalizar as comemorações relativas ao seu centenário”, completa Marcos Veloso.

Diversos artistas, sob a direção musical do mestre Gennaro, como Mestre Camarão, Oswaldinho, Severo, Zé Calixto, Luzinho Calixto, Duda da Passira, Lucy Alves (Clã Brasil), Marcelo de Feira Nova, Gilberto Monteiro, Mahatma, Antonio Spacarotella e Júlio César, além dos sanfoneiros mirins Karoline e Vinícius Nogueira, sobem o palco do Teatro de Santa Isabel nos dias 1 e 2 de dezembro (sábado e domingo, respectivamente), sempre às 20h. A entrada custa R$ 5 (o dinheiro será revertido para os Quilombos do município de Caetés, que sofrem com seca tão cantada por Gonzaga / ingressos disponíveis na bilheteria do teatro). No primeiro dia, será realizada uma homenagem a Zé Dantas (50 anos de falecimento) e abertura com participação da cantora Leda Dias. Já no segundo dia de apresentações, será feita uma homenagem a Zé Marcolino (25 anos de falecimento) e abertura com a cantora Sandra Belê. Ainda no Teatro de Santa Isabel, o público será recepcionado pela Banda de Pífanos Zé do Estado de Caruaru e pelos violeiros Antônio Lisboa e Edmilson Ferreira.

Programação da Santander Cultural

(Reprodução/Internet)

Dia 28 de novembro
Quartas – Musicalidade II – Nas Rodas do Choro

Sexta – dia 30 de novembro
Cultura Negra

Serviço:

Local: Santander Cultural
Av. Rio Branco, 23 – Bairro do Recife
Galeria Marcantonio Vilaça, 3º andar
Informações: 3224-1110
Ingressos: R$ 5 e R$ 2,50
www.santandercultural.com.br

“Human Bodies” se despede do Recife neste domingo

Corpo humano. Foto: Divulgação

Mais de 50 mil visitantes depois, a mostra “Human Bodies – Maravilhas do corpo humano” entra na reta final no Recife. Quem ainda não conferiu a exposição já apreciada no mundo por 20 milhões de pessoas tem até este domingo (2/12) para ir ao Shopping Recife. Os ingressos estão à venda por preços que começam em R$ 20, mesmo para adultos. Ao deixarem a cidade, os corpos e órgãos reais que revelam o ser humano e todos os detalhes de sua anatomia seguem para Curitiba e Porto Alegre.

Famílias, profissionais de saúde e crianças já estiveram no evento. Boa parte do público é composto por estudantes pernambucanos – mais de 4 mil crianças e jovens de escolas públicas e particulares conheceram a exposição que apresenta tridimensionalmente o corpo humano e ensina como cuidar da saúde e optar por estilos de vida saudáveis.

Corpos reais, preservados para fins educativos e científicos por um processo denominado plastinação [detalhes abaixo], compõem “Maravilhas do corpo humano”. São nove corpos e mais de cem espécimes de órgãos expostos que ajudarão a conhecer a fundo a estrutura de cada sistema – um mergulho por pele e ossos, dos pés à cabeça. Permite ainda ver e compreender doenças de uma maneira nova, enfatiza problemas de saúde (como câncer de mama e artrite) e esclarece danos e lesões a órgãos causados por obesidade e tabagismo.